Resgatados nove trabalhadores em condições precárias de trabalho na Zona da Mata Mineira

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Auditores do Trabalho, um Procurador do Trabalho e um Defensor Público da União realizaram nos dias 16 e 17 de novembro de 2020, uma operação conjunta com o foco no combate a situações trabalhistas análogas à escravidão.

Durante a inspeção física aos locais de trabalho e alojamento, foram abordados 36 trabalhadores rurais em fazendas de cultivo de madeira e de gado de leite nos municípios de Oliveira Fortes e Matias Barbosa, na Zona da Mata Mineira.

Nesse dois dias de atuação, 9 trabalhadores foram resgatados na mesma fazenda em condições precárias de trabalho, onde não eram oferecidos equipamentos de proteção individual (EPIs) adequados, a alimentação era trazida junto a insumos agrícolas, não havia condições mínimas de higiene pessoal e diversas obrigações trabalhistas eram descumpridas pelos empregadores.

Desta forma, os donos foram notificados e deverão comparecer ao Ministério do Trabalho de Juiz de Fora, apresentando documentação dos trabalhadores e demais exigências que o órgão determinou para que a situação dos trabalhadores seja regularizada, conforme prevê a legislação.

Além disso, será aberto um procedimento administrativo onde as irregularidades serão avaliadas pelo Ministério do Trabalho e o empregador poderá ser responsabilizado através de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC). Com informações da PRF

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!