Quase 70% dos mineiros afirmam ter gastado mais no supermercado

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

O levantamento aconteceu entre os dias 2 e 13 de julho, com mais de dois mil usuários da plataforma Mobills, com idades entre 18 e 60 anos, de todos os estados brasileiros. Em MG foram 223 respondentes.

Após três meses de enfrentamento da pandemia no Brasil, 43,9% dos mineiros ainda estão enfrentando um momento delicado em relação às finanças pessoais – sendo que 4% tiveram suas receitas totalmente perdidas e 39,9% parcialmente reduzidas.

Em relação ao aumento de gastos aos últimos dois meses, 69,96% afirmaram ter gastado mais com o mercado e 44,84% tiveram aumentos nas contas de água, energia e gás.

Quando perguntado quais categorias os respondentes da pesquisa de Minas Gerais diminuíram os gastos nos últimos dois meses se destacam as respostas para: Lazer (62,33%), Vestuário (58,74%), Viagem (57,85%), Restaurante (50,67%) e Transporte (46,19%).

Em relação às compras online, 42,2% dos mineiros afirmaram que compraram mais pela internet, enquanto 30% mantiveram os gastos. Apenas 27,8% dos respondentes reduziram essa despesas.

Quando perguntado sobre em quais categorias os respondentes compraram online nos últimos dois meses se destacam: Livros (26,46%), Supermercado (23,32%), Eletroeletrônicos (21,52%), Roupas Casuais (17,94%), Produtos de beleza e autocuidado (15,25%), Games para jogar online e/ou videogames (14,80%), Eletrodomésticos (13,45%) e Material de construção e/ou decoração (10,76%).

O
PUBLICIDADE
Don`t copy text!