Pará de Minas: jovem é preso com farda e réplicas de equipamentos da PM

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

pol_fard
No início da tarde de quinta-feira (17), policiais militares da 19ª Companhia Independente de Pará de Minas apreenderam uma réplica de pistola, um par de algema, um fardamento completo da PM, uma boina com florão do Exército Brasileiro, uma capa compartimentada de colete balístico e com adaptações da logo da PM e tarjeta com o prenome do autor, uma réplica de rádio portátil de comunicação, uma carteira porta documentos com brasão do Exército Brasileiro e um distintivo da PM, um cinto de guarnição militar de nylon e dois coldres.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

O material estava de posse de um jovem de 23 anos, que não tem qualquer vínculo com a Polícia Militar ou outro órgão de segurança pública. Ele foi abordado em uma residência na rua Waldemar de Oliveira, bairro Santos Dumont em Pará de Minas. Os militares foram acionados por um homem de 35 anos, o qual narrou que seu filho foi agredido por um adolescente de 16 anos, próximo à Escola Estadual Lenir Medina, no bairro Santos Dumont, sendo que o agressor se escondeu em uma residência da rua Waldemar de Oliveira.

Ainda segundo o solicitante, quando entrou no corredor da casa para identificar o agressor do seu filho, foi abordado pelo jovem de 23 anos em trajes civis, o qual se identificou como policial militar, mostrando-lhe a réplica de pistola e o par de algemas. O falso policial disse para a vítima não entrar na casa. Os militares foram até a residência onde o jovem de 23 anos, lhes entregou as peças de fardamento e equipamento militares, os quais foram apreendidos.

A namorada do autor, de 39 anos, admitiu que ele já chegou na casa dela fardado e já se apresentou como policial outras vezes. O jovem foi preso e conduzido à Delegacia de Polícia, com os materiais apreendidos. Há indícios de que o autor não tenha usado o equipamento e fardamento apreendidos com más intenções de cometer assaltos ou obter vantagem econômica com o uso de tais materiais, mas sim que tenha uma obsessão pelas forças militares, uma vez que segundo apurado, tem um perfil no facebook se apresentando como militar. E também há informações de que ele transitou fardado em ônibus coletivo. Ele foi preso por cometer um delito e por ameaçar sua própria segurança e de terceiros.

Imagem: Divulgação/Polícia Militar

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!