Cruzeiro vence e segue invicto na liderança do Mineiro

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

Em partida acompanhada por quase 32 mil pessoas na tarde de sábado (17), no Mineirão, o Cruzeiro venceu o Villa Nova por 1 a 0, gol marcado por Rafinha, aos 29 minutos do primeiro tempo. O tento é o quinto do meia estrelado na competição.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

A vitória foi a sexta do Cruzeiro em sete rodadas no estadual, o qual lidera com 19 pontos.

A equipe comandada por Mano Menezes voltará a campo no próximo sábado, mais uma vez no Mineirão, contra o Boa Esporte também pelo Campeonato Mineiro.

Primeiro tempo
Nos primeiros 15 minutos de jogo, Cruzeiro e Villa Nova concentraram o jogo mais no meio de campo. A primeira chance celeste apareceu em ataque puxado por Rafinha. Após bate e rebate na área, Mancuello tocou para De Arrascaeta, que desviou de calcanhar para o gol. No entanto, o camisa 10 estava em posição de impedimento.

Já o Villa respondeu aos 9. Carrara cobrou escanteio, PV desviou no primeiro poste, mas Otávio não conseguiu completar a jogada, interceptada pela zaga celeste.

O Cruzeiro chegou de forma mais aguda em duas jogadas de bola parada. Aos 25 minutos, Edilson cruzou e Manoel subiu mais do que a zaga adversária. A cabeçada do camisa 27 caprichosamente acertou o travessão.

Dois minutos depois, novamente Edilson. Desta vez, o lateral direito arriscou arremate direto e a bola, queimando a grama, passou raspando a trave direita defendida pelo goleiro Renan.

Pressionando o adversário, o Cruzeiro abriu o placar aos 29 minutos em uma grande jogada. Rafinha, Fred e Henrique fizeram belíssima triangulação que culminou em uma finalização de primeira de Rafinha, de canhota. Foi o quinto gol do camisa 18, artilheiro do Campeonato Mineiro!

À frente no placar, a Raposa continuou em cima do adversário. Aos 35 minutos, Mancuello deu boa arrancada pela direita e cruzou na medida para Fred. O camisa 9 estrelado escorou de cabeça, mas Renan fez uma defesa milagrosa, evitando o segundo gol azul.

Já aos 44 foi a vez do capitão Henrique oferecer perigo. O camisa 8, em uma de suas especialidades, arriscou chute de fora da área. A potente finalização foi desviada pela zaga e saiu com perigo pela linha de fundo.

Segundo tempo
O Cruzeiro voltou para a etapa complementar com uma alteração: Robinho entrou na vaga de Mancuello. Mas quem roubou a cena logo no início foi o goleiro Fábio.

Aos 2 minutos, após bola rebatida pela defesa, Dudu pegou o rebote e chutou colocado. Na ponta dos dedos, Fábio evitou o empate, em uma das mais belas defesas do Campeonato Mineiro deste ano.

A resposta cruzeirense veio aos 7 minutos. Egídio fez longo lançamento para Robinho, que tocou de primeira para De Arrascaeta, na entrada da área. O meia uruguaio finalizou de primeira, mas por cima do gol.

Aos 14, novamente o camisa 10 em ação. Após ótimo controle de bola pela direita, Robinho ajeitou de peito para Fred, que encontrou De Arrascaeta livre na linha da pequena área. O meia celeste chutou mais uma vez de primeira e levou perigo à meta de Renan.

A Raposa continuou em cima, na busca pelo segundo gol. Aos 24 minutos, Fred fez grande jogada na entrada da área e rolou para Robinho. O camisa 19 finalizou cruzado, mas parou no goleiro adversário. No rebote, De Arrascaeta cabeceou, mas a bola ficou nas mãos de Renan.

Nos acréscimos, foi a vez de Robinho exigir grande defesa de Renan, em chute de fora da área. No rebote, Rafinha emendou de primeira, mas a bola raspou o travessão.

O 1 a 0 construído ainda no 1º tempo garantiu ao Cruzeiro a manutenção da liderança de forma isolada, agora com 19 pontos ganhos, somando seis vitórias e um empate.

Ficha do jogo
Cruzeiro 1×0 Villa Nova
Motivo: 7ª rodada do Campeonato Mineiro
Data: 17/02/2018 (sábado)
Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte-MG
Árbitro: Felipe Fernandes de Lima (CBF)
Público: 29.677 (pagantes) – 31.705 (presentes)
Renda: R$ 406.112,00
Gol: Rafinha, aos 29 minutos do 1º tempo
Cartões amarelos: Mancuello, Fred, Edilson, Robinho (Cruzeiro); Gustavo Eugênio, Carrara, Ceará (Villa Nova)

Cruzeiro: Fábio; Edilson, Manoel, Murilo e Egídio; Henrique, Ariel Cabral e Mancuello (Robinho); De Arrascaeta (Rafael Sóbis), Rafinha e Fred (Raniel). Técnico: Mano Menezes

Villa Nova: Renan; Marcelo Tchê, Gustavo Eugênio, Rafael Vitor e Maninho; PV, Ceará, Otávio (Iury) e Pinguim (Nequinha); Dudu (Felipinho) e Carrara. Técnico: Ito
Com informações do Cruzeiro

PUBLICIDADE
Don`t copy text!