Faturamento Black Friday em MG deve ultrapassar os R$320 milhões em 2019

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

O faturamento da região Sudeste durante o período do Black Friday deve chegar a quase R$1,9 bilhão este ano — 59% do faturamento total nacional. Em Minas Gerais a movimentação deve passar dos 10% do faturamento total nacional. A capital Belo Horizonte é a cidade com maior representatividade, com mais de 4% das vendas nacionais. O Black Friday já se consolidou como o dia mais importante para o comércio eletrônico nacional e tem a expectativa de superar os R$3,15 bilhões no Brasil, com uma movimentação recorde em 2019.

Esse faturamento significa um aumento de 21% em comparação com o ano passado, segundo estimativa de dados gerados a partir do histórico das edições anteriores e com base no tráfego aqui.

A região sudeste continua sendo a responsável pelo maior faturamento em números absolutos do Black Friday, com 59% do total do evento. Seguida por Sul (16%), Nordeste (14%), Centro Oeste (8%), e Norte (3%).

“O Black Friday vem batendo recordes de faturamento todos os anos, desde quando lançamos o evento no Brasil. Depois de um crescimento mais moderado nos anos do ápice da crise, hoje, ainda que a economia não esteja totalmente recuperada e com turbulências políticas, há uma maior confiança para gastar, inclusive aproveitando-se de compras represadas nesses períodos ”, explica Ricardo Bove, idealizador do Black Friday.

Os produtos que possuem maior intenção de compra para 2019 segue o perfil já consolidado pelo evento: aqueles de maior valor agregado e de desejo. O destaque fica por conta dos produtos abaixo, segundo pesquisa realizada no site oficial:

•Smartphones (37%)
•Eletrodomésticos (36%)
•Televisores (29%)
•Informática (24%)
•Móveis e Decoração (22%)

Veja as 10 cidades de Minas Gerais com previsão de maior faturamento em 2019:
Belo Horizonte – Previsão de Faturamento de R$136 milhões.
Uberlândia – Previsão de Faturamento de R$20 milhões.
Contagem – Previsão de Faturamento de R$10 milhões.
Juiz de Fora – Previsão de Faturamento de R$10 milhões.
Betim – Previsão de Faturamento de – Previsão de Faturamento de R$134 mil.
Montes Claros – Previsão de Faturamento de R$7 milhões.
Ribeirão das Neves – Previsão de Faturamento de R$1,6 milhões.
Uberaba – Previsão de Faturamento de R$5 milhões.
Governador Valadares – Previsão de Faturamento de R$4,8 milhões.
Ipatinga – Previsão de Faturamento de R$4,5 milhões.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!