Seleção Olímpica é superada pela Argentina na final de torneio sub-23

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Neste domingo (17), a Seleção Brasileira Olímpica disputou a final do Festival Internacional de Futebol Sub-23 e foi superada por 1 a 0 pela Argentina. A partida foi realizada na Gran Canaria Arena, em Las Palmas, na Espanha.

A Data Fifa de novembro, que termina neste fim de semana, foi a última antes da convocação para o Pré-Olímpico da Colômbia, que dará duas vagas diretas para os Jogos de Tóquio 2020.

O jogo

Em busca do título da competição, as equipes entraram em campo se estudando bastante, marcando forte e sem dar muitos espaços. Aos quatro minutos, a Argentina aproveitou o rebote dado por Phelipe após chute de Zaracho, que ficou com a bola e tocou para Capaldo completar: 1 a 0. Depois disso, as melhores chances foram da Seleção Brasileira.

Aos oito, Paulinho disparou em contra-ataque, mas a jogada terminou com o goleiro Cambeses fazendo a defesa. Aos 13, Matheus Cunha recebeu perto da entrada da área e arriscou para o gol, mas mandou por cima da meta. Mesmo com os adversários bem fechados, a Canarinho seguiu tentando achar espaço. Aos 18, Pedrinho recebeu a bola e cruzou dentro da área, mas viu Bravo afastar o perigo.

O Brasil ainda chegou perto de empatar em mais duas oportunidades. Aos 19, Lyanco fez ótima jogada pela direita e cruzou para a área, mas Paulinho pegou de primeira e mandou por cima do gol. Depois, aos 28, Paulinho finalizou com perigo, Cambeses defendeu, mas soltou a bola nos pés de Martinelli. O camisa 17 chutou à queima-roupa dentro da pequena área, mas o goleiro argentino segurou de novo.

Na volta do intervalo, o Brasil iniciou bem ofensivo nos primeiros minutos. Em uma das tentativas, Caio Henrique cruzou pela esquerda, mas viu a zaga adversária afastar o perigo. Depois, a Argentina começou a se fechar mais e administrar a vantagem. Além disso, apostou em contra-ataques e viu o setor defensivo brasileiro trabalhar bem. Aos nove, Ibañez cortou o cabeceio de Ponzi.

Em outra jogada, Rodrigo afastou o cruzamento de Barco. Aos 27, Urzi chegou pela esquerda, e Ayrton Lucas fez o corte parcial, com Rodrigo terminando o trabalho. O goleiro Phelipe também foi acionado. Aos 32, Vargas avançou pela esquerda, tocou para trás, e Vera finalizou forte, sendo parado em ótima defesa do camisa 12. Nos minutos finais, o Brasil ainda pressionou ficando no ataque, mas a equipe argentina segurou o resultado até o apito final.

Brasil: Phelipe; Guga, Lyanco (Rodrigo), Ibañez e Caio Henrique (Ayrton Lucas); Wendel, Matheus Henrique e Pedrinho (Mauro Jr); Paulinho (Lucas Fernandes), Gabriel Martinelli (Pedro) e Matheus Cunha – Técnico: André Jardine.

Com site da CBF

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!