Operação Bravo: acusados de tráfico presos e apreendidas drogas, armas, pássaros e dinheiro em Papagaios

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

As polícias Civil e Militar com apoio do Ministério Público da Comarca de Pitangui realizam nesta quarta-feira, 17 de julho, a operação Bravo. O objetivo é acabar com as quadrilhas que traficam drogas em Papagaios e nas regiões do 7º Departamento de Polícia Civil.

O grupo é investigado há oito meses e foi possível descobrir uma quadrilha altamente organizada que atuava na região. O chefe, mesmo preso, controlava as ações de venda de drogas, armas e até homicídios na região. Foi descoberto ainda, segundo a Polícia Civil. Que a organização possui ramificações em Pompéu, Pitangui e Pará de Minas.

Somente na manhã desta quarta-feira foi possível prender em flagrante 24 pessoas, apreender seis veículos, três quilos e 200 pinos cheios de cocaína, uma barra de um quilo, tabletes e 20 buchas de maconha, 90 pedras de crack, oito balanças de precisão, pássaros e armadilhas, documentos, uma espingarda, R$3.900,00 em dinheiro, R$14.805,00 em cheques 15 celulares e ₲31.000,00 guaranis, a moeda paraguaia. Foram lavrados ainda R$8.544,20 em autos de infração.

PMMG/Divulgação

Ao todo serão cumpridos 30 mandados de prisão e 38 de busca e apreensão. Foram empenhadas 50 viaturas, um helicóptero, dois micro-ônibus, 130 policiais e um cão farejador.

Desde as seis horas as saídas da cidade de Papagaios estão fechadas para cumprimento dos mandados expedidos pela justiça. Do total de 30, 11 pessoas já estão presas. Três na Penitenciária Pio Canedo, um na Nelson Hungria, sete no presídio de Pitangui.

A operação continua durante todo o dia.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

Don`t copy text!