América-MG vence o Botafogo e se mantém invicto no Brasileirão Sub-20

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

A bola segue rolando para a quinta rodada do Brasileirão Sub-20. Na tarde desta quarta-feira (17), sete jogos movimentaram a competição. Jogando em casa, América-MG e Grêmio fizeram valer o mando de campo. Enquanto Atlético-MG, Palmeiras, Bahia e Cruzeiro levaram o rótulo de “visitante indigesto” do dia. Já Sport e Coritiba protagonizaram o único empate da rodada até aqui. Veja como foi:

América-MG 2 x 1 Botafogo

Ninguém segura o Coelho! Em Belo Horizonte, o Glorioso até saiu na frente. Aos 39 do primeiro tempo, João Gabriel cobrou penalidade com segurança para abrir o placar. Mas o América voltou do intervalo disposto a buscar o resultado. E foi o que aconteceu. Com um lindo voleio, Clemente deixou tudo igual na marca dos 13 minutos. Na sequência, Guilherme Henrique fez grande jogada individual pela esquerda e tocou na boa para Carlos Alberto fazer o segundo do time da casa, aos 22: 2 a 1 e vitória garantida. O resultado recolocou os mineiros na liderança da competição. A equipe tem os mesmos 13 pontos do Vasco, mas leva vantagem no critério de desempate. Quem também está na briga pelo topa é o Flamengo, que entra em campo nesta quinta-feira (18) diante do Internacional.

Grêmio 2 x 0 Corinthians

Jogando em casa, o Tricolor gaúcho começou o jogo tomando conta do campo de defesa do Timão. A pressão inicial funcionou e, aos 14 minutos de jogo, Vitor abriu o marcador para o Imortal. Após boa trama pela esquerda, o camisa 11 pegou uma sobra dentro da área e arriscou o chute, que ainda desviou na marcação antes encontrar o fundo das redes: 1 a 0. A partir daí o duelo ganhou em equilíbrio, mas o Alvinegro não conseguiu dar números iguais ao placar. Na volta do intervalo, o Grêmio mais uma vez não perdeu tempo e foi logo ampliando a vantagem. Na marca dos 15 minutos, Sávio aproveitou bate-rebate dentro da área e soltou o pé para fazer 2 a 0. Mais tranquilo na partida, o Tricolor controlou o confronto até o apito final.

Sport 2 x 2 Coritiba

A partida era na Arena Pernambuco, mas quem saiu na frente foi o Coritiba. Enquanto o primeiro tempo terminou com o placar zerado, na etapa complementar a história foi bem diferente. Logo aos três minutos, Pablo arriscou o chute da entrada da área, a bola carimbou o travessão e sobrou limpa para Guilherme fazer 1 a 0. Aos poucos, o Sport colocou ordem na casa e conseguiu a virada num intervalo de dois minutos. Aos 20, Pedro aproveitou cruzamento e testou firme para empatar o confronto. Na sequência, Julio recebeu lançamento, invadiu a área e mandou para o fundo das redes, aos 22: 2 a 1. Já aos 44 do segundo tempo veio o empate do Coxa. Após cobrança de escanteio, Yuri subiu mais que a marcação e deu números finais ao duelo.

Chapecoense 2 x 3 Atlético-MG

Chuva de gols na Arena Condá! E o primeiro saiu logo aos três minutos de bola rolando. Thales foi quem abriu a contagem para o Galo. Demorou, mas a rede voltou a balançar ainda no primeiro tempo. Na marca dos 40 minutos, Pericles deixou tudo igual para a Chape. Na volta do intervalo, Vitor Mendes recolocou a equipe mineira em vantagem, aos dez. Sete minutos depois, a igualdade voltava a tomar conta do placar. Chico foi o dono do segundo gol do time da casa. Só que mais uma vez o empate durou pouco. Aos 21, Isaque fez 3 a 2 e fechou a conta para o Atlético.

Athletico-PR 1 x 3 Palmeiras

Na Arena da Baixada, o Furacão abriu o placar aos 17 minutos de jogo, com Brener. Ainda no primeiro tempo, Patrick de Paula empatou para o Verdão, aos 26. Na volta do intervalo, com um jogador a mais, os visitantes souberam a aproveitar a vantagem numérica para conquistar a virada. Aos seis minutos, Patrick de Paulo fez mais um colocando o Alviverde na frente: 2 a 1. Já nos acréscimos da etapa complementar, Aníbal sacramentou o triunfo paulista.

Vitória 0 x 1 Bahia

No Ba-Vi da base, deu Bahia. E nada melhor do que conseguir o primeiro triunfo na competição diante do maior rival. Jogando no Barradão, Tricolor garantiu os três pontos com um gol de Edilson, aos 30 minutos da etapa complementar.

Santos 0 x 1 Cruzeiro

No Ulrico Mursa, a Raposa foi fatal. Fora de casa, o time mineiro conquistou sua segunda vitória na competição. O gol do triunfo celeste veio aos nove minutos do segundo tempo, com Thiago. Com site da CBF

Don`t copy text!