Governo de MG levará 40 mil estudantes e 10 mil professores à Bienal Mineira do Livro em BH

O governador Romeu Zema participou, ontem (16), da solenidade “Celebração do Livro na Bienal” durante a Bienal Mineira do Livro, no BH Shopping, em Belo Horizonte. A cerimônia marca a abertura oficial do evento, que acontece até 22 de maio.

A Bienal conta com o apoio do Governo de Minas, por meio das secretarias de Estado de Educação (SEE) e de Cultura e Turismo (Secult), para promover uma política intensa para democratizar o acesso a atividades culturais e educacionais.

Além de garantir a participação de 40 mil estudantes e de 10 mil professores de escolas estaduais na bienal com o custeio de alimentação e transporte, a SEE também está subsidiando a distribuição de R$ 3 milhões em vales-livros (R$ 50 por aluno e R$ 100 por professor) para aquisição de obras disponíveis no evento.

A proposta é estimular a leitura, especialmente nas comunidades mais vulneráveis, fomentando a cadeia econômica do livro e o incremento da aprendizagem.

Aprendizado
Na abertura da solenidade, durante pronunciamento, Zema falou de sua paixão pelos livros e pela leitura, sempre presentes em sua vida. “Fui alfabetizado aos sete anos e, a partir daí, nunca mais parei de ler. Comecei com os gibis, conheci os grandes autores brasileiros e sempre assinei revistas e jornais. Li muitas obras ligadas à minha área de atuação, que é a Administração, e, nos últimos anos, me aprofundei nas publicações sobre Políticas Públicas”, contou.

De acordo com o governador, a leitura tem o poder de transformar muitas vidas. “Após a faculdade, tive a oportunidade de trabalhar nos grotões de Minas. Aprendi a colocar em prática os conhecimentos adquiridos frente à realidade que eu encontrava”, disse

Escolas
A Bienal conta com a participação de 328 escolas de Belo Horizonte e da região metropolitana com estudantes de todas as idades. Serão 60 editoras com dezenas de autores e milhares de livros.

A programação será segmentada em 11 eixos temáticos, com mais de 160 horas de atrações diversas. A expectativa da organização é atrair 150 mil visitantes.

Biblioteca Pública
A Biblioteca Pública de Minas Gerais estará na bienal com ações de acessibilidade e inclusão, com destaque para a leitura voltada para pessoas cegas. Além disso, os visitantes poderão conhecer a atuação de mais de 50 anos do órgão público promovendo a leitura por meio do braile.

Em fevereiro deste ano, teve início a reforma do prédio sede e do anexo da Biblioteca Pública Luiz de Bessa, em Belo Horizonte.

A obra foi iniciada em 2018, no governo passado, mas acabou paralisada. Agora, a previsão de conclusão de toda a intervenção é outubro de 2022. A obra está com 33% de andamento. Ao todo serão investidos R$ 4,6 milhões, já tendo sido executado R$ 1,5 milhão. Com Agência Minas

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!