Grávidas precisam tomar medidas de prevenção contra novo coronavírus

Uma agência das Nações Unidas pediu a mulheres grávidas que tomem medidas de prevenção contra o novo coronavírus.

Em comunicado, o Fundo de População das Nações Unidas, Unfpa, alertou sobre as medidas já anunciadas pela Organização Mundial da Saúde, OMS, de cuidados para evitar a contaminação.

Londres
Além da frequente lavagem de mãos e da distância de pessoas contaminadas, o Unfpa falou sobre a importância do bom cozimento dos alimentos.

A OMS anunciou que o covid-19 é uma pandemia e por isso deve ser uma preocupação de todos os governos.

Segundo agências de notícias, um bebê nascido em Londres, no Reino Unido, no fim de semana, teria o novo coronavírus.

O Unfpa também citou o caso de mulheres amamentando e a grande ansiedade que a incerteza causada pelo novo vírus tem provocado em muitas grávidas mais propensas a infecções respiratórias.

Informações
A agência da ONU pediu aos sistemas de saúde que façam desses casos suas prioridades. A chefe do Unfpa, Natalia Kanem, que é pediatra, contou que é importante se guiar por fatos e informações sólidas nesse momento.

Em seu comunicado, o Unfpa lembrou que a saúde reprodutiva e sexual se torna um tema de saúde de enorme significado em tempos de epidemia e que os partos e gravidezes seguros dependem de um sistema de saúde em bom funcionamento.

Um outro alerta da agência é sobre não separar as mães que estão amamentando de seus recém-nascidos, ainda que elas estejam doentes. O Unfpa afirma que não existe nenhuma prova de que o vírus possa ser transmitido pelo leite materno.

Máscara em contato com o bebê
Mas as mulheres amamentando e que tenham o coronavírus devem sim usar uma máscara cirúrgica e lavar as mãos antes e depois de amamentar. É importante ainda desinfetar todas as áreas e superfícies para evitar a contaminação.

O Unfpa também chama a atenção para a necessidade de apoio psicológico e de saúde mental para os afetados pelo covid-19 e suas famílias.

Na província de Hubei, na China, onde a doença surgiu em dezembro, a agência da ONU tem apoiado ações de saúde pública e a entrega de suprimentos médicos para agentes de saúde, mulheres e meninas assim como idosos.

O Unfpa está adquirindo equipamentos médicos e itens para agentes de saúde incluindo médicos na linha de frente do combate ao coronavírus. Com ONU News

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!