Em seu 200º jogo pelo Cruzeiro, Mano considera justo o empate no clássico

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

O clássico deste domingo, entre América-MG e Cruzeiro, trazia consigo não somente a importância por se tratar de um duelo que valia a liderança do torneio estadual. O confronto foi o de número 200 do técnico Mano Menezes no comando da Raposa. Após a partida, o treinador cinco estrelas analisou o jogo e considerou que o resultado em 0 a 0 foi justo para ambas as equipes.

“O placar do jogo foi correto. Fizemos um primeiro tempo um pouco melhor, mas tivemos dificuldade na segunda etapa. Não conseguimos construir jogadas que pudessem nos dar a vitória. Em contrapartida, proporcionamos muito pouco ao América, com nossa sólida defesa”, disse.

“Não acho que o campo pesou, embora em alguns lances nós tivemos dificuldade no toque da bola. Mas não foi determinante na construção do resultado. Esse tipo de jogo nos serve para que possamos entender onde devemos melhorar”, completou.

Mano Menezes ressaltou que a partida foi importante para que a equipe possa trabalhar novas jogadas já com o pensamento voltado para o próximo compromisso, contra a URT, em Patos de Minas-MG. O duelo está marcado para domingo, 24 de fevereiro, às 19h.

“Esses jogos nos dão um parâmetro mais próximo daquilo que a temporada nos cobra. Acho que falta um pouco de competitividade para a nossa equipe e até mesmo algumas alternativas que precisamos trabalhar um pouco mais, como as jogadas ensaiadas. Tivemos um número grande de bolas alçadas na área. Precisamos cabecear mais, pois temos jogadores de grande estatura. São detalhes que vamos ajustando”, finalizou. Com site do Cruzeiro

PUBLICIDADE
Don`t copy text!