Colômbia vira contra a Venezuela e se mantém invicta na Liga de Futsal

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

O sábado foi mais um dia de vitórias para a seleção de futsal da Colômbia. Em sua terceira partida na Liga Sul-Americana de Futsal da Região Norte 2018, o time principal colombiano derrotou a Venezuela por 5 a 2, com direito a reação e virada no segundo tempo. Antes, também na Arena Carioca 1, no Rio de Janeiro, a equipe sub-20 da Colômbia bateu a Vinotinto por 5 a 1.

Estas foram a quinta e sexta vitórias da Colômbia na competição. As duas seleções do país mantiveram 100% de aproveitamento no torneio até aqui, a exemplo do Brasil, adversário deste domingo. Com dois confrontos diretos, as seleções decidirão o título do torneio no último dia de bola rolando. A Seleção Brasileira tem a vantagem de dois empates, já que acumulou melhor saldo durante o torneio.

O jogo entre as seleções principais de Colômbia e Venezuela foi muito disputado. Logo no começo, os cafeteros foram às redes com Richar Ojeda. O gol deu a impressão de que seria mais um triunfo tranquilo da Colômbia, mas a Vinotinto mostrou toda sua força de recuperação. No minuto seguinte, acertou a trave colombiana.

Depois do susto inicial, passou a ter mais a bola e conseguiu a executar o seu padrão de jogo. Com bons avanços dos alas e muita movimentação de bola, envolveu a defesa colombiana, que em bateu cabeça em algumas oportunidades. Wilson Baronis teve duas chances boas de gol, mas não conseguiu sacramentá-las.

O bom desempenho da Venezuela foi para o placar aos cinco minutos, com Carlos Salcedo. Seis minutos mais tarde, Luis Ariza virou o jogo. Nervosa, a Colômbia não se reencontrou até o intervalo, e foi para o vestiário perdendo por 2 a 1. Mas o que se viu na volta para o segundo tempo foi uma mudança completa no panorama da partida.

Mais segura dentro de quadra, a Colômbia cresceu de produção. Em especial, o maestro e capitão do time, Angellot Caro. Com passes precisos e boas tomadas de decisão, o ala distribuiu oportunidades para o time, que construiu com calma a segunda virada da partida. Com quatro minutos de segundo tempo, Baronis completou contra o próprio gol, após jogada de linha de fundo.

O empate foi a chave para a Venezuela desmoronar em quadra. Com direto a duas assistências de Caro, a Colômbia construiu sua vitória com gols de Jorge Cardona (10’/2ºT), Richar Ojeda (11’/2ºT) e Felipe Echeverry (19’/2ºT). Com a vitória por 5 a 2, a equipe manteve as esperanças de título para este domingo, quando enfrenta o Brasil. A bola rola às 11h na Arena Carioca 1.

Seleção Sub-20 vence com tranquilidade

O primeiro duelo do dia mostrou a superioridade de uma equipe que já vem se destacando desde a estreia na competição. Com um volume de jogo sufocante, não demorou para que a Colômbia saísse na frente no placar. No primeiro tempo, foram três gols, marcados por Brayan Vanegas, Eduardo Garcia e Richard Rios.

Na segunda etapa, a Venezuela conseguiu equilibrar mais as ações. Com o uso do goleiro-linha, chegou a um gol de honra, com José Rodríguez. Mas a reação foi interrompida por Felipe Angulo, que deslocou o goleiro em cobrança de pênalti. Perto do fim do jogo, o goleiro Danny Sierra ainda surpreendeu a defesa venezuelana e, com um chute de sua própria meta, deu números finais à partida: 5 a 1. A Seleção Sub-20 da Colômbia volta a quadra às 9h deste domingo, contra o Brasil. A Venezuela, por sua vez, encerrou sua participação no Sul-Americano. Com site da CBF

Don`t copy text!