Cemig investe R$ 7 milhões em usinas fotovoltaicas nas APACs

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Para promover uso sustentável e reduzir custos de manutenção das 37 unidades da Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (Apac) em Minas Gerais, a Cemig está investindo R$ 7 milhões em soluções energéticas, como a instalação de usinas fotovoltaicas. A Fraternidade Brasileira de Assistência aos Condenados (FBAC) também será contemplada.

A iniciativa inclui ainda a substituição de lâmpadas, chuveiros, geladeiras e freezers de alto consumo energético por outros mais eficientes. A Cemig também investirá em treinamentos de instalação predial básica e construção de módulos fotovoltaicos para os internos, atuando na capacitação deles.

Os valores foram anunciados em evento realizado esta semana, na sede do Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais (TJMG), com assinatura do termo de compromisso entre a Cemig, o TJMG, o Sistema Fiemg e a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp). O investimento segue até o fim de 2020.

“O Programa de Eficiência Energética já existia na Cemig e nós redirecionamos as diretrizes dele, incluindo as Apacs, escolas públicas e hospitais públicos de Minas Gerais”, explica presidente da Cemig, Cledorvino Belini, que também coordena o Instituto Minas Pela Paz (IMPP), organização social que atua na promoção de iniciativas voltadas ao sistema judiciário que incluam os assistidos no mercado de trabalho.

Modelo Apac
A Apac é uma entidade civil de direito privado, com personalidade jurídica própria, dedicada à recuperação e à reintegração social dos condenados a penas privativas de liberdade. O objetivo é promover a humanização das prisões, sem perder de vista a finalidade punitiva da pena. Com isso, é possível evitar a reincidência no crime e oferecer alternativas para o detento se recuperar.

Eficiência Energética
O Programa de Eficiência Energética da Cemig é regulado pela Aneel e tem como objetivo aplicar, conforme legislação, o percentual estabelecido da receita operacional da companhia em ações que promovem o uso racional da energia elétrica e a redução do desperdício desse recurso com foco na sustentabilidade. Com Agência Minas

PUBLICIDADE
Don`t copy text!