Contas de energia fica mais cara para consumidores do interior de Sergipe e Nordeste da Bahia

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou na terça (15) um aumento médio de 20,45% na tarifa de energia dos consumidores atendidos pela Companhia Sul Sergipana de Eletricidade (Sulgipe). Os novos valores começarão a ser cobrados a partir do dia 22 de maio. A Sulgipe fornece energia para 98 mil unidades consumidoras no interior do estado e em Jandaíra e Rio Real, cidades da região nordeste da Bahia.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

O efeito médio será de 25,49% para os consumidores industriais, atendidos em alta tensão. Já para os consumidores residenciais, atendidos na baixa tensão, o efeito médio será de 18,06%.

De acordo com a Agência, o aumento foi influenciado pela variação dos encargos setoriais, que tiveram impacto de 2,44%; dos custos de transmissão, com 2,80%; dos custos de aquisição de energia, com 5,47%; da inclusão na tarifa de 4,29% em componentes financeiros e da retirada de 5,96% em financeiros que estavam na tarifa dos últimos 12 meses.

A Aneel aprovou ainda a redução da tarifa de energia dos consumidores da Cooperativa de Eletrificação e Desenvolvimento Rural da Região de Novo Horizonte (SP), que atua no interior do estado de Sergipe.

A iniciativa faz parte da revisão do tarifário anual da cooperativa que vai ter as contas de luz reduzidas em 34,74% em média. Os novos valores começarão a ser aplicado a partir do dia 17 de maio. O efeito médio será de menos 14,35% para os consumidores atendidos em alta tensão e de menos 35,17% para os conectados em baixa tensão. A cooperativa atende 4 mil unidades consumidoras. Com Agência Brasil

PUBLICIDADE