Atlético enfrenta URT pelo 3ª ano seguido no mata-mata do Estadual

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Foto: Divulgação/Atlético-MG

Os confrontos com a URT nas fases eliminatórias do Campeonato Mineiro estão se tornando uma rotina para o Atlético, que enfrentará a equipe de Patos de Minas no mata-mata do Estadual pelo terceiro ano consecutivo.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Galo e URT jogam às 17h deste domingo, na Arena Independência, em partida única das quartas de final.

O duelo com a URT também é especial para o atacante Ricardo Oliveira, que fez, em Patos de Minas, o seu primeiro gol com a camisa alvinegra.

“Temos uma grande oportunidade de decidir dentro de casa, contra um adversário duro. Sentimos isso no primeiro jogo, a dificuldade que enfrentamos lá. E é um jogo que requer muita atenção. Nesse jogo, tive a oportunidade de fazer meu primeiro gol com a camisa do Atlético e, a partir daí, as coisas começaram a caminhar da forma que eu gostaria, os gols começaram a sair e é sempre importante para a gente estar marcando. Agora, é foco total nesse jogo de domingo, que entendemos ser de fundamental importância para a gente, para continuar dentro do Campeonato Mineiro e dentro daquilo que planejamos de crescimento coletivo nesse ano”, disse o goleador atleticano.

Com seis gols em 12 jogos, média de 0,5 por partida, Ricardo Oliveira afirmou que o bom momento é resultado de muito trabalho, da confiança que possui em si mesmo e da ajuda dos companheiros.

“Acreditar que podemos decidir jogos é importante dentro daquilo que a gente vem treinando e o Thiago (Larghi) nos pede para fazer. É uma média que sempre procurei manter na minha carreira, me cobro bastante e sou muito exigente com resultados de gols e participação. O torcedor espera isso e mim, a diretoria me trouxe para cá porque acredita no meu trabalho, sabendo que eu poderia render e dar resultado dentro de campo. Realmente, fico muito feliz de poder cooperar para que a gente, aos poucos, a gente vá crescendo nas competições”, destacou o camisa 9.

Em 2016 e 2017, o Atlético enfrentou a URT nas semifinais do Mineiro e chegou à decisão nas duas ocasiões. Em 2016, a vaga foi conquistada com vitória por 3 x 0 e empate por 1 x 1. No ano seguinte, novamente uma vitória (2 a 0) e um empate (2 x 2) colocaram o Galo na decisão. Com site do Atlético-MG

PUBLICIDADE