Polícia Civil de MG investiga desaparecimento de idoso em Estrela do Sul

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), por meio da Delegacia de Polícia de Estrela do Sul, no Alto Paranaíba, instaurou inquérito para investigar o desaparecimento de Vicente Paulo dos Santos, 78 anos. Ele saiu do Asilo São Vicente de Paula, em Estrela do Sul, na manhã do dia 3 de fevereiro, sem que os funcionários vissem.

Vicente Paulo saiu do asilo por volta das 7h30 daquele dia, enquanto tomava o banho de sol após tomar o café da manhã. Ele havia dado entrada no lugar no dia anterior e estava aparentemente tranquilo. Segundo os primeiros levantamentos, o idoso escalou o muro e seguiu pela rua lateral. No seu ingresso no dia anterior, a direção da entidade, no entanto, foi alertada de que o idoso tinha o costume de sair sem ser notado. Ao constatar o desaparecimento, a direção do asilo acionou a polícia.

De acordo com o delegado responsável pelas investigações, Eduardo Placheski Trepiche, duas pessoas avistaram o idoso naquela manhã. Uma mulher afirmou ter visto o idoso por volta das 8 horas, subindo a Rua Irai de Minas, um pouco acima do prédio da entidade, e ele teria reclamado do cansaço ao subir o morro.

Por volta das 11 horas, o filho de um fazendeiro avistou Vicente na fazenda caminhando em direção a uma grota. As duas testemunhas prestaram depoimentos na delegacia.

Após os depoimentos, os policiais, acompanhados da testemunha, foram para o local, onde fizeram buscas. As imagens coletadas foram encaminhadas ao Corpo de Bombeiros, que também age na tentativa de localização. “Assim que tomamos conhecimento dos fatos, instauramos um procedimento para apurar a fuga, tentar localizá-lo e subsidiar a 2ª Companhia de Bombeiros Militar de todas as informações. Estamos atuando de forma integrada, fazendo todos os esforços para localizá-lo”, diz o delegado.

Vicente Paulo, conforme o delegado, é natural de Grupiara, e morava em Monte Carmelo, em união estável com esposa, há cerca de 12 anos. No dia 25 de dezembro do ano passado, a mulher solicitou aos filhos dele que o internassem em razão de o marido estar com a doença de Alzheimer e do histórico de fugas. No dia 2 de fevereiro, os filhos o internaram no asilo em Estrela do Sul.

De acordo com o delegado, cidades de toda a região estão avisadas do sumiço do idoso. A Polícia Civil divulgou cartazes em várias localidades. Redes sociais também compartilham o aviso do desaparecimento.

Segundo Eduardo Trepiche, qualquer informação sobre o paradeiro do idoso pode ser encaminhada para o telefone (34) 3843-1259 (da delegacia), Corpo de Bombeiros (193) ou Polícia Militar (190). Vicente saiu do asilo trajando camisa social de manga curta de cor azul claro com manchas azul marinho, calça social de cor preta e calçava chinelos tipo Havaianas. Com informações da PCMG

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!