Economia forte permitiu liberação do PIS/Pasep, diz Temer

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Tânia Rêgo/Agência Brasil

O presidente Michel Temer disse nesta sexta-feira (15) que a economia brasileira está “mais forte” e por isso o governo federal tem autorizado o saque de contas inativas do PIS e do Pasep. Por meio de sua conta pessoal no Twitter, Temer divulgou um vídeo com o calendário da liberação, que pode injetar cerca de R$ 19,5 bilhões na economia do país. Segundo ele, a ampliação do direito ao saque para pessoas de todas as idades “só foi possível” devido aos resultados econômicos.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

“Quando assumi o governo, há dois anos, eu disse que iria recuperar a economia do país e, com a economia mais forte, liberei para você o saldo das contas inativas do Fundo de Garantia [FGTS]. Depois tivemos os primeiros saques do PIS/Pasep, dinheiro que foi direto para o seu bolso. Agora são mais R$ 39 bilhões que vão ajudar os brasileiros a pagar uma dívida, fazer uma viagem, comprar um móvel novo para sua casa ou até poupar esse recurso para outro momento mais para frente”, disse o presidente na gravação.

A regulamentação do saque das contas inativas dos programas de Integração Social (PIS) e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) foi oficializada pelo Palácio do Planalto na última quarta-feira (13). No comunicado, Temer também afirma que quem possui conta na Caixa Econômica Federal ou no Banco do Brasil receberá o depósito de forma automática.

“Fico feliz em dar essa notícia porque vai melhorar a sua vida e ajudar a melhorar ainda mais a economia do país”, acrescentou. De acordo com o calendário, os cotistas com mais de 57 anos terão direito ao saque entre os dias 18 e 29 deste mês. A partir de 8 de agosto, será liberado o crédito para os correntistas e, de 14 a 28 de setembro, os beneficiários de todas as idades terão os recursos liberados. Com Agência Brasil

PUBLICIDADE
error: Conteúdo Protegido!