Igaratinga: ex-vereador sai de casa para cobrar dívidas e é encontrado morto em BH

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


Um cidadão de 38 anos acionou uma equipe da Polícia Militar e relatou que seu pai Maurílio Cirilo Leite, de 65 anos, desapareceu após sair de casa na madrugada de sexta-feira, 12 de maio. O registro foi feito na rua Bela Vista, Centro, em Igaratinga.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Ele havia saído de sua casa em um veiculo Fiat/Uno Mille Economy, prata, placas HOI-7515, com destino a Nova Lima, para fazer cobranças relativas a vendas de tijolos e no retorno passaria na Ceasa em Belo Horizonte, para comprar verduras. Porém, ele não fez contatos com a família. Ligações para ele caíam direto na caixa de mensagem.

No sábado (13), os familiares do desaparecido, que era ex-vereador em Igaratinga, obtiveram a informações indicando que o veículo estaria abandonado em Nova Lima. De acordo com o solicitante, devido a um acidente, seu pai se deslocava com apoio de uma bengala.

Em continuidade ás buscas, veio a conformação que Maurílio Cirilo Leite, de 65 anos, foi encontrado morto na Serra do Rola Moça, região do Barreiro. Ele trabalhava para uma cerâmica e foi até a região metropolitana de Belo Horizonte para cobrar dívidas em depósitos de materiais para construção.

Policiais militares relataram que o corpo dele foi encontrado na tarde de sábado (13) e a bengala usada por ele estava nas proximidades. A Perícia Técnica da Polícia Civil acredita que a bengala pode ter sido usada para golpear a nuca do ex-vereador. O Uno prata foi encontrado abandonado na Via Geraldo Dias, bairro Solar do Barreiro, e a vítima estava com as chaves do carro na mão.

Autoria e motivação do crime ainda são desconhecidas. O corpo do ex-vereador Maurílio Cirilo Leite, de 65 anos, foi enterrado no início da tarde de domingo (14), no Cemitério Municipal de Igaratinga.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!