Tiro disparado por policial militar mata adolescente que tentava fugir de abordagem em Torneiros

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

O registro foi feito na madrugada de domingo, 14 de abril, quando uma equipe da Polícia Militar realizava a abordagem a um veículo na estrada vicinal de Várzea do Pari, próximo ao Balneário do Zé Cornélio, no Distrito de Torneiros, município de Pará de Minas, quando se deparou com o condutor de uma motocicleta que transitava pelo local.

Os militares deram ordens de parada ao motociclista, que teria desobedecido e de acordo com o relato jogado o veículo contra um dos militares desembarcados da viatura, momento em que militar deu um passo atrás e disparou um tiro com sua arma de fogo, em defesa de sua vida, contra o motociclista.

Neste instante, o motociclista fez uma manobra de derrapagem com sua moto, fugindo de volta em direção a Torneiros. Os militares embarcaram na viatura e fizeram rastreamento, localizando o condutor caído com a moto, às margens da estrada, um pouco mais à frente, ferido pelo tiro disparado pelo policial militar.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU Oeste), mas devido ao caráter de urgência, eles socorreram o motociclista na viatura até o Hospital Nossa Senhora da Conceição, em Pará de Minas, onde ele deu entrada, sem vida.

O motociclista morto pelo tiro disparado pelo militar era um adolescente de 16 anos, residente em Antunes, município de Igaratinga. De acordo com a Polícia Militar contra ele havia duas denúncias pelo telefone 181 – Disque Denúncia Unificado (DDU), apontando ele como suspeito de atos infracionais.

A Perícia Técnica da Polícia Civil foi acionada, mas no relato da Polícia Militar não constam as conclusões dos peritos.

O militar autor do disparo do tiro que matou o adolescente em Torneiros se encontra à disposição da Justiça Militar, que vai apurar o caso.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!