Di Maria e Marquinhos do PSG têm casas assaltadas em Paris

Os jogadores Ángel Di Maria e Marquinhos, do Paris Saint-Germain, tiveram suas casas assaltadas ontem (14) durante o jogo de seu time contra o Nantes na capital francesa. noticiou o diário esportivo francês L’Équipe, acrescentando que familiares dos dois foram mantidos como reféns durante os acontecimentos.

Foi por isso que, após uma conversa curta com o diretor esportivo Leonardo, Di Maria foi tirado de campo pelo técnico Mauricio Pochettino aos 17 minutos do segundo tempo, acrescentou o jornal.

Em um comunicado do PSG obtido pela Reuters, o zagueiro brasileiro e capitão do time Marquinhos disse que a casa de seus pais foi roubada durante o confronto com o Nantes com a família dentro da propriedade.

“Mas ninguém se feriu e todos estão bem… as autoridades francesas iniciaram um inquérito”, disse o comunicado.

Di Maria, que acaba de renovar seu contrato com o PSG até 2022, já havia sido vítima de uma tentativa de roubo domiciliar em 2015, quando jogava no Manchester United.

O L’Équipe disse que os ladrões conseguiram levar um cofre da casa de Di Maria que continha joias e relógios valendo ao menos 500 mil euros.

O PSG acabou perdendo de 2 a 1 para o Nantes, sua quarta derrota em casa nesta temporada, desperdiçando uma oportunidade de assumir a dianteira da tabela do Campeonato Francês. Com Agência Brasil/Reuters

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!