Cruzeiro perde para o Coimbra e demite Adilson Batista; diretor também pede pra sair

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Na tarde deste domingo (15), o Coimbra conquistou sobre o Cruzeiro sua primeira vitória no Campeonato Mineiro, em jogo fisputado na Arena Independência, em Belo Horizonte, pela nona rodada da competição. O gol do Coimbra foi marcado por Vitor Hugo em cobrança de falta, que desviou na barreira. Após o jogo Carlos Ferreira, integrante do Conselho Gestor do Cruzeiro, demitiu o técnico Adilson Batista. O Diretor de futebol do Cruzeiro Ocimar Bolicenho também pediu demissão e deixa o clube.

O próximo compromisso do Cruzeiro pelo torneio estadual será contra o URT. Previsto para acontecer no próximo sábado, 21 de março, às 19h, o certame será adiado em razão da suspensão do Campeonato Mineiro em razão da pandemia do Coronavírus (COVID-19).

No duelo desta tarde, o Cruzeiro não pôde contar com o apoio da torcida. Por determinação do Ministério da Saúde em medida de prevenção ao Coronavírus, todos os compromissos válidos pelo Campeonato Mineiro seriam disputados com portões fechados.

Sabendo da importância de conquistar um resultado positivo, o Cruzeiro encontrou um adversário com proposta de jogo defensiva, dificultando as saídas em direção ao ataque.

Em boa visão de jogo de Everton Felipe aos 14 minutos, deu passe para Alexandre Jesus, que sairia livre na área, mas o goleiro Glaycon foi mais rápido e ficou com a bola.

Aos 38 minutos, bola lançada para Thiago na área. Após saída atrapalhada do arqueiro do Coimbra, o meia Maurício chutou para fora.

Segundo tempo
Na volta para a etapa final, as equipes fizeram um jogo truncado, com muitas disputas principalmente no meio de campo. Destaque também para a defesa celeste, que não deu chances para as investidas do Coimbra.

Aos oito minutos, Thiago recebeu bola longa lançada por Everton Felipe, dominou, cortou o adversário com o pé direito e soltou a bomba, mas a bola subiu.

Aos 17 minutos, Jean enxergou bem Ariel Cabral avançado no ataque e lançou bola para o argentino que bateu para o gol, com o goleiro do Coimbra crescendo bem e evitando o gol.

Quatro minutos depois, Jadsom apareceu na direita e deu passe para Maurício aproveitar buraco na defesa para chutar próximo ao gol.

Lateral cruzeirense, Rafael Santos cruzou bola para a área em direção a Marcelo Moreno aos 33 minutos. Ele cabeceou para fora.

Bonita Jogada trabalhada de Jhonata Robert com Everton Felipe aos 38 minutos e boa defesa do goleiro Glaycon.

Em cobrança de falta de Vitor Hugo no minuto seguinte, a bola desviou na zaga cruzeirense e entrou para o gol azul e branco. O gol deu a primeira vitória ao Coimbra no Campeonato Mineiro. Por outro lado gerou a demissão do técnico do Cruzeiro Adilson Batista e o pedido demissão do diretor de futebol Ocimar Bolicenho.

Ficha do jogo
Cruzeiro 0x1 Coimbra
Motivo: 9ª rodada do Campeonato Mineiro
Data: 15/03/2020 (domingo)
Local: Arena Independência, em Belo Horizonte-MG
Árbitro: Wanderson Alves de Souza
Gol: Vitor Hugo (Coimbra), aos 39 min do 2ºT
Cruzeiro: Fábio; Jadsom, Ramon, Marllon e Rafael Santos; Jean (Judivan), Ariel Cabral, Maurício e Everton Felipe; Alexandre Jesus (Jhonata Robert) e Thiago (Marcelo Moreno). Técnico: Adilson Batista
Coimbra: Glaycon; Vitor Hugo (Formiga), Diogo, Carciano e Hipólito; Thomás, Ralph e Paranhos; Igor Oliveira (João Vitor), Daniel Penha e Ribeiro (Bádio). Técnico: Diogo Giacomini
Cartões amarelos: Ariel Cabral, Jadsom, Marllon, Maurício e Thiago (Cruzeiro); Carciano, Diogo e Paranhos (Coimbra)
Com informações do Cruzeiro

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!