São Victor salva e Galo avança na Copa do Brasil

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Bruno Cantini/Atlético

São Victor do Horto entrou em ação na noite de quarta-feira (14), na Arena Independência, para levar o Atlético à quarta fase da Copa do Brasil.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Depois da derrota por 2 a 1 para o Figueirense, no tempo normal, o goleiro atleticano defendeu dois pênaltis, cobrados por Jorge Henrique e Diego Renan, e garantiu a classificação atleticana.

Fábio Santos, Ricardo Oliveira, Tomás Andrade e Luan converteram as cobranças para o Galo, que venceu a disputa de pênalti por 4 a 2.

No tempo normal, Zé Antônio abriu o placar para os visitantes aos 20 minutos do primeiro tempo e Ricardo Oliveira empatou a partida cinco minutos depois. No segundo tempo, aos 25, Jorge Henrique fez 2 a 1 para o time catarinense. O Galo venceu o jogo de ida por 1 a 0, em Florianópolis.

Na 4ª fase da Copa do Brasil, a última antes das oitavas de final, a definição do adversário e dos mandos de campo acontecerá por sorteio, a ser realizado na próxima segunda-feira, às 11h, na sede da CBF, no Rio de Janeiro.

O Atlético voltará ao Horto neste domingo para enfrentar a URT, às 16h, no jogo de único das quartas de final do Campeonato Mineiro.

O jogo
O Figueirense precisou fazer substituição logo nos minutos iniciais. Cleberson se contundiu em disputa de bola com Ricardo Oliveira e foi substituído por Eduardo Bauermann.

O Atlético teve a primeira chance na cobrança de escanteio de Patric e o cruzamento do lateral foi cortado pela defesa catarinense.

Fábio Santos cruzou pela esquerda, aos 19 minutos, e a zaga afastou o perigo. Patric tentou aproveitar o rebote, mas acabou adiantando muito a bola, que saiu pela linha de fundo.

Em cobrança de falta, aos 21 minutos, Zé Antônio fez 1 a 0 para o time de Florianópolis. O Atlético tentou a reagir de imediato com Róger Guedes, que recebeu lançamento de Otero pela direita e cruzou para corte da defesa visitante.

O empate atleticano aconteceu aos 25 minutos, quando Ricardo Oliveira recebeu ótimo passe de Adilson na grande área pela esquerda e chutou cruzado para vencer o goleiro Denis: 1 x 1.

Ricardo Oliveira quase fez o segundo em belo arremate de perna esquerda, de fora da área, defendido pelo goleiro Denis.

Róger Guedes fez nova tentativa pela direita, mas o cruzamento rasteiro foi interceptado pelo zagueiro. Na última chance da etapa inicial, Otero sofreu falta na intermediária, ele mesmo cobrou e a bola explodiu no defensor catarinense.

O Atlético voltou para o segundo tempo com Maidana no lugar de Gabriel e fez outra mudança aos 12 minutos, quando Róger Guedes foi substituído por Luan.

Fábio Santos cruzou pela esquerda, aos 18 minutos, Ricardo Oliveira cabeceou e Denis fez a defesa. Em lance de contra-ataque, Cazares tentou de longa distância, para fora.

Jorge Henrique fez 2 a 1 para o Figueirense, aos 25 minutos. Em seguida, Otero foi substituído por Tomás Andrade.

Patric foi à linha de fundo pela direita cruzou ara mais um desarme da defesa do Figueirense. Aos 36, depois de boa troca de passes, Patric cruzou mais uma vez e Denis fez a defesa antes que a bola encontrasse Ricardo Oliveira na segunda trave.

Ricardo Oliveira fez boa jogada aos 40 minutos e exigiu boa defesa de Denis no canto esquerdo. Na sequência do lance, Patric pegou o rebote e concluiu para fora.

O Galo ainda tentou em cruzamentos de Cazares e Fábio Santos, mas a decisão foi mesmo para os pênaltis, onde brilhou a estrela do goleiro Victor, defendendo dois pênaltis.

Ficha do jogo
Atlético(4) 1×2 (2) Figueirense
Motivo: Copa do Brasil (3ª fase / Volta)
Data: 14/03/2018
Hora: 21h45
Estádio: Arena Independência
Cidade: Belo Horizonte (MG)
Gols: Zé Antônio (20’ – 1ºT), Ricardo Oliveira (25’ – 1ºT), Jorge Henrique (25’- 2ºT)
Pênaltis: Fábio Santos, Ricardo Oliveira, Tomás Andrade, Luan (Atlético); André Luis, Cedrón (Figueirense)
Público: 15.169
Renda: R$199.445,00
Árbitro: Dyorgines Padovani de Andrade (CBF/ES)
Auxiliares: Fabiano da Silva Ramires (CBF/ES) e Vanderson Antônio Zanotti (CBF/ES).
4º Árbitro: Ronei Cândido Alves (CBF/MG)
Cartões amarelos: Leonardo Silva, Ricardo Oliveira (Atlético); Gustavo Ferrareis, Jorge Henrique (Figueirense)

Atlético: Victor; Patric, Leonardo Silva, Gabriel (Maidana), Fábio Santos, Adilson, Arouca, Cazares, Otero (Tomás Andrade), Róger Guedes (Luan), Ricardo Oliveira. Técnico: Thiago Larghi.

Figueirense: Denis, Diego Renan, Nogueira, Cleberson (Eduardo Bauermann), Guilherme Lazaroni, Zé Antônio, Betinho (Pereira), Gustavo Ferrareis, Jorge Henrique, Maikon Leite (Cedrón), André Luis. Técnico: Milton Cruz.
Com informações do Atlético-MG

PUBLICIDADE