Campanha quer vacinar mais de 3 milhões de crianças e jovens contra o Sarampo

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Interromper a transmissão do sarampo, eliminar a circulação do vírus e garantir altas coberturas vacinais são os objetivos da nova etapa da campanha nacional de vacinação do Ministério da Saúde. Neste momento, a convocação será para mais de 3 milhões de crianças e jovens na faixa etária de 5 a 19 anos, que devem se vacinar até 13 de março. O Dia ‘D’ de mobilização ocorre neste sábado, 15 de fevereiro, data em que os postos de saúde abrem no sábado para vacinar o público-alvo.

Com o conceito “Mais proteção para a sua família”, a campanha visa sensibilizar pais e responsáveis sobre os riscos de não vacinar seus filhos, reforçando que o sarampo é uma doença grave e que pode matar. “A não vacinação, principalmente de crianças e jovens que dependem de responsáveis, resulta em graves problemas para a saúde da população jovem. É importante reafirmarmos a importância das pessoas irem atrás de proteção”, destacou o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.

O secretário de Vigilância em Saúde, Wanderson de Oliveira, destacou que, em 2019, o Brasil atingiu a meta de quase 96% de cobertura vacinal em crianças de 1 a 5 anos. “Precisamos continuar essa alta cobertura para as outras faixas etárias”, asseverou.

Para viabilizar a ação em todo o País, o ministério já encaminhou, neste ano, 3,9 milhões de doses da vacina tríplice viral, 9% a mais que o solicitado pelos estados. O quantitativo é destinado à vacinação de rotina, às ações de interrupção da transmissão do vírus e à dose extra chamada de ‘dose zero’ para todas as crianças de seis meses a 11 meses e 29 dias.

Dados do Sarampo
Em 2019, 9% (526) dos municípios registraram 18.203 casos confirmados e 15 óbitos por sarampo, sendo 14 no estado de São Paulo e 1 em Pernambuco. Em relação aos casos, São Paulo também registrou o maior número de casos, 16.090 (88,4%) em 259 (49,2%) municípios, seguido dos estados do Paraná, Rio de Janeiro, Pernambuco, Santa Catarina, Minas Gerais e Pará.

Atualmente, nove estados mantêm transmissão ativa do vírus do sarampo, sendo que, em 2020, cinco estados já confirmaram casos: São Paulo (77 casos), Rio de Janeiro (73), Paraná (27), Santa Catarina (22) e Pernambuco (3). Não houve óbitos até o momento. Os outros quatro estados (PA, AL, MG e RS) ainda não confirmaram casos em 2020, estando em monitoramento devido aos casos ocorridos em 2019. Com informações do Ministério da Saúde

Don`t copy text!