Presidente turco insiste em estabelecer zona segura na fronteira síria

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

O presidente da Turquia, Recep Erdogan, insistiu na intenção de criar uma zona segura, sob seu controle, no norte da Síria, desde o rio Eufrates até à fronteira turca, apesar das críticas internacionais.

Recep Erdogan ignora os apelos internacionais para travar a ofensiva contra as milícias curdas na Síria e disse que a decisão de alguns países europeus de embargar a venda de armas às Forças Armadas turcas não o demoverá da sua operação militar contra os curdos sírios.

“De oeste a leste, 30 quilômetros para o interior, esta é a área e vamos continuar a lutar até conseguirmos”, disse o presidente turco sobre a zona segura que pretende controlar no nordeste da Síria, acrescentando que passou essa mesma mensagem ao primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, e à chanceler alemã, Angela Merkel.

Erdogan explicou que as sanções impostas por alguns países não o vão demover da sua intenção militar contra os curdos sírios.

“Desde que lançamos a nossa operação, enfrentamos ameaças de sanções econômicas e embargos de venda de armas. Os que pensam que nos podem fazer recuar com essas ameaças estão bem enganados”, disse Erdogan, durante um discurso em Istambul. Com Agência Brasil

PUBLICIDADE
Don`t copy text!