Cara nova no Cruzeiro, Arthur Caike agradece oportunidade e se apresenta

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Anunciado na última segunda-feira como o mais novo reforço do Cruzeiro para a sequência da temporada, o atacante Arthur Caike já está na Toca da Raposa 2, onde se prepara para contribuir com elenco celeste nos compromissos importantes do time no Campeonato Brasileiro da Série B.

Com 28 anos e passagens por diversos clubes, Arthur Caike sabe que o Cruzeiro vive um momento diferente. Ciente da grandeza da Raposa no mundo do esporte, o atleta não escondeu o prazer em defender a camisa azul e branca.

“A sensação que tenho é das melhores. Fiquei bastante feliz desde o momento em que surgiu a primeira conversa e a possibilidade de vir jogar no Cruzeiro. É um clube de muita força, um dos maiores do Brasil, dono de uma história muito grande. Muito feliz em poder vestir essa camisa”, declarou.

“O Cruzeiro é um gigante no futebol. Tem um elenco muito bom, com grandes jogadores. Não tive nem o que pensar na hora de aceitar o convite. Minha família ficou muito feliz por eu ter aceitado esse novo desafio”, complementou.

Durante coletiva de imprensa virtual após a partida contra o Guarani na última terça-feira, em Campinas, o técnico Enderson Moreira foi questionado sobre uma possível estreia de Arthur Caike já no duelo do próximo domingo, contra o Figueirense, em Florianópolis. Assim como o comandante estrelado, o novo reforço do Clube pregou cautela para que surpresas sejam evitadas.

“Continuei com minhas atividades desde quando acabou meu empréstimo pelo Bahia. Treinei com o apoio de um personal, que me ajudou em trabalhos específicos, como de fortalecimento. Sempre temos essa ansiedade de querer jogar, mas vou me preparar bem para evitar qualquer tipo de lesão. Prefiro perder um jogo a arriscar ir para uma partida, lesionar e ficar de fora por dois ou três meses”, analisou.

Para o torcedor que não conhece sua maneira de jogar, Arthur Caike se apresentou, dando detalhes de suas características.

“(Tenho) velocidade, bons passes e chutes. Não sou tão alto, mas sou de fazer gols de cabeça. Sempre brincaram comigo por eu ser desse tamanho e conseguir marcar tantos gols de cabeça. E tenho bom aproveitamento também em cobranças de falta”, ressaltou. Com site do Cruzeiro

PUBLICIDADE
Don`t copy text!