Portugal e Espanha devem enfrentar três dias de calor acima de 40 graus

Os próximos três dias serão de temperaturas de até 40% na Europa Ocidental.

Ontem (12), em Genebra, a porta-voz Claire Nullis da Organização Meteorológica Mundial (OMM), disse que a segunda grande fase de calor neste ano, que começou esta semana, afeta Espanha e Portugal, mas se intensificará e se espalhará pelo continente.

Incêndios
A OMM prevê que a onda de calor que se está se formando na Península Ibérica atravesse para a França e outros países, agravando a onda seca e o risco de incêndios florestais.

Perante o problema que se torna ainda mais intenso, a Organização Meteorológica Mundial diz que opera com centros regionais.

Na Alemanha, um desses centros lançou um Alerta sobre a Vigilância ao Clima alertando para a possibilidade de se espalhar para o norte e leste.

O centro e o norte dos Bálcãs também podem ser atingidos até o fim desta semana e entrando pela próxima.

O calor intenso e uma fase seca devem piorar em países como a Itália.

A OMM cita relatos de calor intenso no Irã e no Paquistão, além do derretimento de glaciares no Quirguistão pelas temperaturas excepcionalmente altas observadas durante a semana. A agência destaca que está monitorando a situação com preocupação.

Estados Unidos
O derretimento e o colapso da geleira constituem riscos a curto prazo e de insegurança hídrica a longo prazo. Com ONU News

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!