Brasil supera Tailândia e consegue 12ª vitória na Liga das Nações

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Foto: Divulgação/FIVB

A seleção brasileira feminina de vôlei conseguiu a 12ª vitória na Liga das Nações. A equipe do treinador José Roberto Guimarães venceu, nesta quarta-feira (13.06), a Tailândia por 3 sets a 1 (25/16, 25/22, 18/25 e 25/13), em Eboli, na Itália. O grupo das brasileiras na quinta semana da competição conta ainda com a Itália e a Bélgica.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

O resultado colocou o Brasil em primeiro lugar na classificação geral, com 34 pontos (12 resultados positivos e dois negativos). Os Estados Unidos aparecem em segundo, com 34 pontos, e ainda hoje enfrentam a Coréia do Sul podendo passar o time verde e amarelo em caso de vitória.

O Brasil encerrará a participação na quinta semana da Liga das Nações às 15h (horário de Brasília) desta quinta-feira (14.06) contra a Itália.

A ponteira Rosamaria se destacou no confronto e foi a maior pontuadora da partida, com 18 pontos. A oposta Tandara, com 14 pontos, e a central Bia, com 12, também pontuaram bem pelo time verde e amarelo.

Ao final do duelo, a ponteira Rosamaria falou sobre a dificuldade de enfrentar o time da Tailândia e parabenizou o grupo pelo resultado positivo.

“Conseguimos uma boa vitória sobre a Tailândia. Sabemos da dificuldade de enfrentar o time delas. Elas têm um jogo veloz e diferente do que estamos acostumados. O sistema defensivo foi importante para conseguirmos essa vitória”, explicou Rosamaria, que ainda comentou sobre o duelo com a Itália.

“Vamos jogar contra as donas da casa e espero que o time continue evoluindo. Estamos ganhando ritmo e melhorando a cada jogo. Espero uma partida muito disputada”, apostou Rosamaria.

O treinador José Roberto Guimarães fez uma análise sobre a vitória do Brasil contra a Tailândia.

“A partida de hoje foi importante para darmos ritmo de jogo para todas as jogadoras. O grupo se apresentou bem e esses três pontos ajudarão na nossa classificação geral. Agora vamos estudar a Itália para finalizarmos bem a quinta semana”, disse José Roberto Guimarães.

O JOGO

O Brasil começou melhor e fez 5/1. Bem no saque, o time verde e amarelo abriu cinco pontos (7/2). Quando as brasileiras fizeram 10/3, o treinador da Tailândia pediu tempo. Com um ponto de ataque da central Bia, o time verde e amarelo fez 16/7. O Brasil ditou o ritmo da parcial até o final e venceu o primeiro set por 25/16.

O Brasil fez 3/1 no início do segundo set. Com velocidade, a Tailândia empatou a parcial (4/4). A parcial ficou equilibrada. O Brasil foi para o primeiro tempo técnico com dois de vantagem (8/6). A oposta Tandara cresceu de produção no ataque e as brasileiras abriram quatro pontos (12/8). No segundo tempo técnico, o time do treinador José Roberto Guimarães tinha dois de vantagem (16/14). Quando as brasileiras fizeram 18/15, o treinador da Tailândia parou o jogo. O final da parcial foi equilibrado. Jogando com velocidade, a equipe asiática empatou (21/21). A ponteira Rosamaria se destacou no final da parcial e o Brasil levou a melhor no segundo set por 25/22.

A Tailândia voltou melhor para o terceiro set e fez 6/4. Bem no bloqueio, a Tailândia abriu três pontos (11/8) e o treinador José Roberto Guimarães pediu tempo. O time asiático segurou a vantagem no segundo tempo técnico (16/13). Com um ponto de saque, a Tailândia abriu quatro pontos (17/13). Quando as tailandesas fizeram 21/16, o treinador brasileiro voltou a parar o jogo. A Tailândia seguiu melhor até o final e venceu o terceiro set por 25/18.

O Brasil começou melhor e fez 2/1. O set ficou equilibrado. Com Rosamaria bem no saque, o time verde e amarelo abriu cinco pontos (9/4). O Brasil seguiu dominando a parcial e fez 16/8. O Brasil manteve o ritmo até o final e venceu o quarto set por 25/13 e o jogo por 3 sets a 1.

EQUIPES:

Brasil: Roberta, Tandara, Gabi, Rosamaria, Carol e Bia. Líbero – Suelen
Entraram – Macris, Monique, Amanda, Gabiriu, Mara,
Técnico – José Roberto Guimarães

Tailândia: Nootsara Tomkom, Hattaya Bamrungsuk, Ajcharaporn Kongyot, Chatchu-On Moksri, Watchareeya Nuanjam e Pimpichaya Kokram Líbero – Piyanut Pannoy
Entraram – Onuma Sittirak, Wilavan Apinyapong, Chitaporn Kamlangmak, Wipawee Srithong e Pornpun Guedpard
Técnico – Sriwacharamaytakul, Danai

LIGA DAS NAÇÕES FEMININA

1ª semana:

Barueri (SP)
15.05 – Brasil 1 x 3 Alemanha (25/15, 22/25, 18/25 e 20/25)
16.05 – Brasil 3 x 1 Japão (22/25, 25/18, 25/23 e 25/11)
17.05 – Brasil 3 x 1 Sérvia (23/25, 25/22, 25/14 e 25/21)

2ª semana:

Ancara (Turquia)
22.05 – Brasil 3 x 1 Turquia (25/17, 25/19, 23/25 e 25/21)
23.05 – Brasil 3 x 0 Argentina (25/9, 25/21 e 25/14)
24.05 – Brasil 3x 0 República Dominicana (25/20, 25/10 e 25/13)

3ª semana:

Apeldoorn (Holanda)
29.05 – Brasil 3 x 1 Coréia do Sul (25/11, 25/14, 31/33 e 25/20)
30.05 – Brasil 3 x 0 Polônia (25/20, 25/20 e 25/23)
31.05 – Brasil 3 x 1 Holanda (25/23, 26/24, 13/25 e 25/22)

4ª semana:

Jiangmen (China)
05.06 – Brasil 3 x 2 China (19/25, 25/23, 27/25, 10/25 e 16/14)
06.06 – Brasil 1 x 3 Estados Unidos (23/25, 28/26, 21/25 e 18/25)
07.06 – Brasil 3 x 2 Rússia (15/25, 25/21, 25/20, 19/25 e 17/15)

5ª semana:
Eboli (Itália)
12.06 – Brasil 3 x 1 Bélgica (25/15, 25/14, 21/25 e 25/23)
13.06 – Brasil 3 x 1 Tailândia (25/16, 25/22, 18/25 e 25/13)
14.06 – Brasil x Itália, às 15h (horário de Brasília)
Com site da CBV

PUBLICIDADE