Condutores presos e veículos apreendidos durante operações Blitz de Trânsito e Lei Seca em Pará de Minas

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Durante Operações Blitz de Trânsito e Lei Seca, em horários diferentes, policiais militares realizaram várias prisões na Avenida Ovídio de Abreu, bairro Dom Bosco, em Pará de Minas.

A primeira prisão ocorreu na madrugada de sábado, 11 de maio de 2019, quando militares abordaram um condutor de 31 anos, no momento em que entrou com um veículo Monza, cinza, ao pátio de um posto de combustíveis, alvo constantes denúncias indicando que no local o som automotivo é abusivo.

Foi constatado que o condutor apresentava sintomas de embriaguez alcoólica, tendo admitido que esteve bebendo desde as 21 horas, da noite anterior e que consumiu cinco latões de cerveja. Porém, se recusou a fazer o teste do etilômetro.

Também foi constatado que ele é inabilitado para conduzir veículos e que o carro que ele conduzia estava com o licenciamento em atraso desde 2012. O automóvel estava em mau estado de conservação. O veículo foi apreendido e o condutor, preso.

A segunda prisão ocorreu na madrugada de domingo, 12 de maio, na mesma avenida, onde foi abordado um motociclista de 19 anos, constatando que ele estava com sintomas de embriaguez alcoólica e ainda não possuía Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Ele admitiu que havia consumido cinco latas de cerveja, mas se recusou a fazer o teste do etilômetro. Como não apresentou condutor habilitado em tempo hábil, sua moto foi apreendida, sendo o condutor preso.

Foi constatado ainda que ele é ex-detento e atualmente cumpre pena no regime de prisão domiciliar, do qual claramente ele estava descumprindo as regras, por estar fora de casa e horário não permitido, estar embriagado e cometendo crime de trânsito.

A terceira prisão ocorreu na noite de domingo (12), na Avenida Ovídio Abreu, onde foi abordado um condutor de 46 anos transitando em um veículo Prêmio, branco, sendo constatado que apresentava sintomas de embriaguez alcoólica, como hálito etílico e outros. Ele admitiu que havia ingerido dois latões de cerveja, mas se recusou a passar pelo teste do etilômetro.

Ele foi preso e sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH) foi recolhida. Também foi aplicado o Auto de Infração de Trânsito (AIT) cabível.

Os veículos apreendidos foram removidos para um pátio credenciado e os condutores presos encaminhados para a Delegacia Regional de Polícia Civil em Pará de Minas.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!