Boris Johnson seguirá recomendação médica sobre retorno ao trabalho

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

O premiê britânico, Boris Johnson, seguirá recomendações médicas no que diz respeito a quando deve retornar ao trabalho, disse seu porta-voz nesta segunda-feira (13), recusando-se a estimar uma previsão para que o líder se recupere totalmente do novo coronavírus.

“Ele só foi liberado do hospital ontem e quaisquer decisões em relação a quando retornar às atividades governamentais serão tomadas de acordo com recomendações de sua equipe médica”, disse o porta-voz.

Boris Johnson deixou o hospital nesse domingo (12) e agradeceu ao Serviço Nacional de Saúde (NHS, na sigla em inglês) por salvar sua vida enquanto lutava contra o coronavírus.

Johnson, de 55 anos, foi levado ao Hospital St Thomas, no centro de Londres, no dia 5 de abril, com sintomas persistentes da covid-19. No dia seguinte, ele foi transferido para a unidade de terapia intensiva, onde permaneceu até 9 de abril.

O primeiro-ministro continuará sua recuperação em Chequers, residência oficial de campo a noroeste de Londres, segundo seu gabinete. Com Agência Brasil/Reuters

PUBLICIDADE
Don`t copy text!