Roberta Campos: nova música em novela e primeira tour no exterior. Assista

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

A cantora e compositora Roberta Campos tem atualmente ao menos mais dois motivos para comemorar. O primeiro deles: conseguiu emplacar mais uma música do seu repertório em trilha de novelas – no caso, “Todo Dia”, um dos temas principais da novela “Orfãos da Terra”, da Rede Globo, estrelada por Renato Góes e Julia Dalavia. O segundo: ela estreiou na sexta, 12, sua primeira tour internacional, se apresentando em Cabo Verde, no Kriol Jazz Festival. De lá, segue para Portugal, onde canta nos dias 18 (Time Out de Lisboa), 23 (São Brazil, de Coimbra) e 24 (Casa da Música, Porto).

São 11 anos de carreira profissional, fora os mais de dez em que tocou em barzinhos ou varou noites com o inseparável violão, dando asas à sua criatividade. Neste período, a mineira Roberta Campos construiu uma importante discografia, que lhe garantiu um posto de destaque na lista dos novos astros da MPB. São 19 temas de novelas Incluindo “Todo Dia”, a maioria na TV Globo. Tudo registrado em quatro álbuns. Em março, a artista colocou no mercado, nos formatos físico e digital, o DVD “Todo Caminho é Sorte – Ao Vivo”, seu primeiro registro ao vivo, que celebra este período profissional, iniciado com o disco independente “Para Aquelas Perguntas Tortas” (2008). Gravado no Teatro Porto Seguro, em São Paulo, em julho do ano passado, o trabalho tem direção musical de Fabio Pinc, produção de Rafael Ramos e direção de vídeo de Bruno Trindade.

“Fizemos um apanhado das faixas que mais tocaram no rádio nesses dez anos – que, evidentemente, acabam sendo as mais pedidas nos shows. Também tem outras de que eu particularmente gosto muito. Acho que elas representam bem esse tempo de carreira”, explica Roberta, cujo trabalho, mais que entretenimento, é algo feito para ser apreciado com calma. Por quê? Por conta da voz suave e clara da intérprete e pela sonoridade refinada – MPB com folk, temperada pela influência de Beatles e de ícones como Milton Nascimento, Djavan e Marisa Monte. Ao todo, o álbum reúne 18 faixas, sendo duas composições próprias inéditas – a já citada “Todo Dia” e “Dois Flamingos” – e mais uma versão desplugada para “My Love”, clássico de Paul McCartney. Outros dois covers já gravados por Roberta também ganharam espaço no show que virou DVD: “Casinha Branca” (Gilson e Joran) e “Quem Sabe Isso Quer Dizer Amor” (Lô e Márcio Borges).

Entre os sucessos incluídos no projeto estão “Varrendo a Lua” (tema da novela “Malhação”), “Abrigo” (tema de “O Outro Lado do Paraíso”), “Aqui, Ali”, “Diário de Um Dia’, “Minha Felicidade” (tema de “Sol Nascente”) e talvez o mais conhecido deles, ‘De Janeiro a Janeiro” (gravado em duo com Nando Reis, inserido na trilha da novela “Sangue Bom”). Roberta conta que fez a canção em 1999 e a gravou no seu primeiro álbum ainda independente. “Em 2010, decidimos regravá-la e convidamos o Nando pra participar. Ele gostou da música, mas estava sem tempo. Então meio que desencanamos e fomos produzindo o disco achando que ele não participaria. Quando as gravações estavam se encerrando, o Nando ligou e perguntou? ‘Ainda dá tempo’? Claro que deu, né? Gravamos, a música entrou na novela (em 2013) e ajudou a mudar a minha história artística”, explica a cantora, sobre a faixa que ainda hoje integra os rankings das mais executadas nas playlists de MPB e que no YouTube acumula mais de 140 milhões de visualizações.

Roberta tem mais de 500 canções compostas e a grande maioria permanece inédita. “Antes, tinha muito apego às minhas músicas, não fazia quase nada em parceria e também não as mostrava a outros artistas. Agora estou um pouco menos resistente a trabalhar com parceiros”, diz ela, com seu jeito tímido. Nos últimos meses, Roberta compôs a quatro mãos com Erasmo Carlos, Hyldon, Guilherme Arantes, Humberto Gessinger e Fagner, entre outros. “Não há projeto nesse sentido, mas seria muito legal se eu conseguisse registrar em estúdio as parcerias com esses artistas que tanto admiro”, afirma.

Quando deixou Caetanópolis, sua terra natal, e se aventurou na capital do show business nacional, Roberta tinha muitos sonhos, muitos planos, e quase nenhuma certeza. Sonhava viver de música e quem sabe um dia emplacar uma canção entre as mais tocadas. Em pouco mais de dez anos na cidade grande, convenhamos, já conseguiu bem mais que isso. Só em 2018, ela teve três músicas entre as 20 mais executadas nas rádios MPB, segundo a Crowley: Abrigo (12ª), Minha Felicidade (17ª) e De Janeiro a Janeiro (18ª).

Assista:

Com Portal Sucesso

PUBLICIDADE
Don`t copy text!