Podemos será independente, mas promete ajudar Bolsonaro

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Com uma bancada de 11 deputados federais a partir de 2019, o Podemos se reuniu na tarde de ontem (11) com o presidente eleito Jair Bolsonaro e prometeu apoio a projetos do futuro governo.

“A posição oficial do partido em qualquer governo é de independência, mas nós vamos ajudar em tudo o que for importante para o país”, garantiu a deputada federal Renata Abreu, de São Paulo, presidente nacional da legenda.

Sem citar nenhum projeto de forma específica, Bolsonaro pediu apoio da bancada para as “reformas estruturantes” e medidas de enfrentamento à corrupção. De acordo com o líder do partido na Câmara, o deputado federal Diego Garcia, do Paraná, a bancada apoia esses temas, desde que haja debate sem imposição de votos.

“Nós do partido Podemos não temos dificuldade com esses temas, mas não vamos aceitar nada com imposição, nada goela abaixo”, afirmou.

Demandas dos estados
Os parlamentares do Podemos também apresentaram ao presidente eleito as principais demandas de suas bases nos estados. Segundo Diego Garcia, Bolsonaro garantiu que o próximo governo atenderá os pleitos dos deputados em todos os ministérios, sem vincular questões partidárias.

“Ele falou que quer justamente promover o diálogo entre os ministros de tal forma que consigam atender os anseios e as demandas, havendo orçamento, de todas as bancadas, independente de questões partidárias”, afirmou. Com Agência Brasil

PUBLICIDADE
Don`t copy text!