Com a força da Massa, Galo vence o Santos

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG

O Dia dos Pais começou com festa para os Atleticanos. Mesmo com o horário atípico de 11h, a Massa Alvinegra lotou a Arena Independência neste domingo (12/8) e viu o Galo fazer bonito em campo, vencendo o Santos por 3 a 1. A partida foi válida pela 17ª rodada do Brasileirão, a penúltima do primeiro turno.

Elias abriu o placar para o Atlético logo aos sete minutos, depois de receber grande passe de Tomás Andrade e acertar belo chute de fora da área, no canto direito do goleiro Vanderlei. Ainda no primeiro tempo, o Santos empatou com Gabriel, aos 26 minutos.

Na etapa final, brilhou a estrela do artilheiro Ricardo Oliveira, que marcou duas vezes, aos 25 e 49 minutos, decretando mais uma grande vitória do Galo no Horto.

Com o triunfo sobre a equipe paulista, o Atlético subiu para o 4º lugar na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro, com 30 pontos.

Na próxima rodada, o adversário será o Botafogo, às 16h do próximo domingo, no Engenhão, no Rio de Janeiro.

O JOGO

Logo aos sete minutos, Elias recebeu ótimo passe de Tomás Andrade e acertou belo chute forte de fora da área, no canto direito do goleiro Vanderlei: Galo 1 x 0.

Aos dez minutos, a defesa santista conseguiu interceptar a tabela entre Emerson e Chará, pelo lado direito do ataque atleticano. Ainda no primeiro tempo, aos 26 minutos, Gabriel igualou o marcador para o Santos.

O Galo teve boa chance aos 33 minutos, quando Nathan fez boa jogada na entrada da área e concluiu para fora. Aos 42, Elias cruzou, Ricardo Oliveira cabeceou e a bola explodiu no travessão depois da defesa do goleiro Vanderlei.

Para o segundo tempo, o técnico Thiago Larghi substituiu Tomás Andrade por Cazares.

Aos dois minutos, Elias fez boa jogada pelo meio e tocou para a finalização de Ricardo Oliveira, mas a bola desviou no zagueiro.

O Atlético foi para cima do Santos, Elias cruzou pela direita e, por muito pouco, Ricardo Oliveira não conseguiu completar para o gol.

Luan entrou em campo aos 15 minutos, no lugar de Nathan.

A torcida empurrava a equipe e, aos 22, Chará fez boa jogada pela esquerda, tabelou com Ricardo Oliveira, recebeu a devolução na entrada da área e concluiu para fora.

Aos 25 minutos, Cazares fez ótimo lance pela esquerda e cruzou para o cabeceio certeiro de Ricardo Oliveira: Galo 2 x 1.

O Galo voltou ao ataque no bom cruzamento de Elias pela direita, mas o zagueiro conseguiu fazer o corte antes que a bola encontrasse Ricardo Oliveira.

Aos 34 minutos, Ricardo Oliveira se chocou com Léo Cittadini e sofreu corte na cabeça. Ele foi atendido pelo médico Rodrigo Lasmar e voltou a campo utilizando uma touca de natação para proteger o local do corte.

Aos 44, Elias foi substituído por Matheus Galdezani e deixou o campo tendo o nome gritado pela torcida.

Em rápido contra-golpe, Galdezani recebeu lançamento livre de marcação, conduziu a bola até a grande área e finalizou para a defesa de Vanderlei.

E o placar no Horto foi fechado de maneira magistral por Ricardo Oliveira. Aos 49 minutos, Luan disparou pelo meio em contra-ataque e deu ótimo passe para o camisa 9 tocar com categoria na saída do goleiro: Galo 3 x 1.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO 3 x 1 SANTOS

Motivo: Campeonato Brasileiro (18ª rodada)
Data: 12/08/2018
Estádio: Arena Independência
Cidade: Belo Horizonte (MG)
Gols: Elias (7’/1ºT), Gabriel (26’/1ºT), Ricardo Oliveira (25’/2ºT) (49’/2ºT)
Público pagante: 22.062
Renda: R$ 369.140,00
Árbitro: Rodrigo D’alonso Ferreira (AB SC)
Auxiliares: Helton Nunes (AB SC) e Thiaggo Americano Labes (CBF SC)
Quarto Árbitro: Alex dos Santos AB SC
Árbitro Assistente Adicional 1: Eduardo Cordeiro Guimarães CD SC
Árbitro Assistente Adicional 2: Célio Amorim CD SC
Cartões amarelos: Elias, Maidana (Atlético)

Atlético
Victor; Emerson, Léo Silva, Iago Maidana e Hulk; José Welison, Elias (Matheus Galdezani) e Nathan (Luan); Yimmi Chará, Tomás Andrade (Cazares) e Ricardo Oliveira. Técnico: Thiago Larghi.

Santos
Vanderlei, Victor Ferraz, Luiz Felipe, Lucas Veríssimo e Dodô; Alison (Yuri Alberto), Jean Mota (Diego Pituca) e Léo Cittadini; Rodrygo, Bruno Henrique (Copete) e Gabriel. Técnico: Cuca.
Com site do Atlético-MG

PUBLICIDADE