Fundação Latin GRAMMY oferece bolsas a oito brasileiros

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Entidade vinculada à Academia Latina da Gravação, que organiza o Latin GRAMMY, a Fundação Cultural Latin GRAMMY anunciou ontem, 10, em sua sede, em Miami (EUA), os nomes dos estudantes que serão beneficiados com a Bolsa de Estudo Talento para Matrícula e a Bolsa de Estudo Assistência para Matrícula. Tais benefícios – concedidos anualmente pela Fundação – permitirão a 43 estudantes de música de diferentes países cursar algumas das mais prestigiadas universidades do mundo e assim continuar perseguindo seus sonhos de se desenvolver como artistas.

Entre os eleitos há oito brasileiros. Rafael Beck d´Ávila Mello (instrumento principal, flauta), Estefane de Souza Santos (trompete), Herbert Lucas Rodrígues de Lima (sax), Daniel Tenes de Oliveira (bateria) e Wellington Souza (sax) serão bolsistas na Faculdade e Conservatório Souza Lima, na capital paulista. João Vitor Suruagy Perrusi (guitarra) estudará na Berklee College of Music, em Boston (EUA), com parte dos custos cobertos pela Fundação. Samuel Frois (violino) passará uma temporada na Mannes College School of Music, em Nova York, enquanto a cantora Camila Ronza estudará como bolsista no Centre des Musiques Didier Lockwood, na França

Todos os 43 estudantes beneficiados se juntam ao ganhador da Bolsa de Estudo Emílio e Gloria Estefan, anunciado mês passado, o espanhol Sergio De Miguel Jorquera, que receberá como ajuda o valor máximo de US$ 200 mil, o que lhe permitirá frequentar a Berklee College of Music, em Boston. Na foto abaixo, ele aparece ao lado do casal “patrocinador” e de Manolo Díaz, vice-presidente sênior da Fundação Cultural Latin GRAMMY.

Além do espanhol, outros três estudantes foram contemplados com ajudas expressivas – no caso, a Bolsa de Estudo Talento para Matrícula, com valor máximo de até US$ 100 mil cada, o que contribui para cobrir parte da matrícula dos quatro anos de uma licenciatura na universidade ou faculdade que eles escolherem. Tratam-se dos colombianos Andrés Escalona (baixista) e Juan Sebastián Malagon (flautista) e do chileno Juan Pablo Faundez (baterista). Os demais selecionados (incluindo os oito brasileiros) receberão a Bolsa de Estudo Assistência para Matrícula, com um valor máximo de US$ 10 mil cada, que será utilizada para custeio dos estudos nas universidades/faculdades escolhidas por eles.

Os estudantes beneficiados foram selecionados pelo Comitê de Bolsas da Fundação, que avalia cuidadosamente um grupo altamente competitivo de aspirantes a músicos, levando em conta suas habilidades e respeitando as rigorosas políticas desenvolvidas pela Fundação Latin GRAMMY. Com Portal Sucesso

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!