Condutor é preso por atingir propositalmente moto e alega que estava estacionada em vaga para pessoas com deficiência

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Uma equipe da Polícia Militar registrou o fato na Avenida Presidente Vargas, Vila Raquel, em Pará de Minas, onde ocorreu um acidente de trânsito envolvendo uma moto Biz, preta e um carro Civic, cinza.

A condutora da moto, de 33 anos, relatou aos policiais que deixou o veículo no estacionamento de um supermercado existente no local, fora da vaga para pessoas com deficiência e que estava guardando as compras no baú da moto, quando o veículo Civic conduzido pelo motorista de 40 anos, chocou-se contra sua moto. Acrescentou que ao tentar levantar sua moto, o condutor do carro colidiu novamente contra seu veículo, desta vez de forma proposital, e ainda arrastou sua moto por aproximadamente dois metros.

Já o condutor do Civic disse que é cadeirante, com limitações físicas, e que ao chegar no estacionamento do supermercado, deparou com quatro motos estacionadas na vaga reservada para pessoas com deficiência. Disse que pediu que aos condutores das motos que retirassem seus veículos, sendo atendido por todos, menos pela proprietária da Biz. Também falou que a condutora da Biz disse que se ele estivesse apressado, poderia passar por cima de sua moto. O condutor então disse que colidiu propositalmente na traseira da Biz, para retirá-la do caminho do seu veículo.

Militares também constataram que o motorista do carro apresentava sintomas de embriaguez alcoólica, como hálito etílico, olhos vermelhos, falante, comportamento exaltado, entre outros. Ele admitiu que estava em uma confraternização em um sítio, onde ingeriu seis latas ou garrafas de cerveja.

O veículo Civic conduzido por ele foi apreendido e removido para um pátio credenciado, uma vez que ele não apresentou condutor habilitado para retirá-lo do local. Sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH) foi recolhida e aplicado o Auto de Infração de Trânsito (AIT) cabível. O condutor foi preso e encaminhado à Delegacia Regional de Polícia Civil em Pará de Minas na tarde de sábado, 9 de março.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!