Gasta salário em casa de prostituição, diz que foi assaltado e vai preso no Santos Dumont

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Um rapaz de 20 anos foi preso na Rua Conquista, bairro Santos Dumont em Pará de Minas, por comunicação falsa de crime. A ocorrência foi registrada na tarde de quarta-feira (11).

Ele acionou uma equipe da Polícia Militar através do telefone 190 para registrar um roubo que sofreu. Ele disse à guarnição que estava na rua quando dois homens em uma moto preta o abordaram. O passageiro teria colocado a mão sob a blusa sugerindo estar armado. Ele anunciou o assalto e levou a carteira com R$ 480 em dinheiro, documentos pessoas e o cartão de transporte coletivo.

Os militares então iniciaram rastreamento e foram até a casa em frente o local onde teria acontecido o assalto. Lá há uma câmera de segurança com boa resolução e as imagens não mostraram nenhum roubo.

A equipe retornou até o solicitante que admitiu que não houve o roubo. Ele contou que gastou o salário em uma casa de prostituição e tinha que pagar um boleto. Ainda segundo o autor iria usar o registro da ocorrência para tentar um empréstimo ou adiantamento salarial no emprego.

O homem foi preso e conduzido à Delegacia de Polícia Civil.

A Polícia Militar informou que já foram registradas outras ocorrências de comunicação falsa de crime e ressalta que além do infrator responder pelo crime, a prática traz transtornos ao policiamento que poderia ser empenhado para quem realmente precisa da intervenção policial.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

Don`t copy text!