Custo de vida fica estável em SP

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Pesquisa do Índice do Custo de Vida na capital paulista, divulgada nesta sexta (11) pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), apontou uma variação de 0,04% de março para abril. A variação acumulada em 12 meses é de 2,79% e, no primeiro quadrimestre, de 1,08%.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

O levantamento apontou pequenas variações positivas nos grupos pesquisados de alimentação (0,30%), despesas pessoais (0,25%), despesas diversas (0,23%) e habitação (0,08%). Tiveram variações negativas educação e leitura (-0,06%), equipamento doméstico (-0,11%), transporte (-0,13%), recreação (-0,14%), saúde (-0,26%) e vestuário (-0,92%).

O índice verificou um crescimento acentuado nos preços de março para abril das hortaliças (9,44%). Raízes e tubérculos (7,01%) também apresentaram aumento, com destaque para cebola (13,42%), cenoura (10,88%) e batata (3,42%).

O Dieese constatou que, entre maio 2017 e abril de 2018, grupos como transporte (9,48%); despesas diversas (6,28%); habitação (6,23%); saúde (4,32%); e educação e leitura (3,99%) tiveram variações acima da média registrada para o período (2,79%), enquanto que despesas pessoais (0,65%); recreação (1,32%); alimentação (-2,26%); equipamento doméstico (-4,82%); e vestuário (-6,26%) anotaram variação menores. Com Agência Brasil

PUBLICIDADE
Don`t copy text!