América perde jogo para o Avaí e também o técnico Marquinhos Santos

O América foi até Florianópolis (SC), na noite de ontem (10), e sofreu a derrota na estreia do Campeonato Brasileiro. Jogando no estádio Ressacada, o Coelho enfrentou o Avaí-SC, mas, com dois atletas expulsos durante a partida, foi superado pelo placar de 1 a 0.

O Coelho agora busca reunir forças para reagir tanto na competição nacional quanto na Copa Libertadores. Nesta quarta-feira, às 21h, o time americano jogará o primeiro clássico mineiro da história da Libertadores e enfrentará o Atlético-MG no Mineirão. Já no sábado, o América volta a campo pelo Brasileirão e receberá o Juventude-RS, às 19h, na Arena Independência.

O jogo
O primeiro tempo começou com o América buscando ficar com a posse de bola. O Avaí-SC, com o incentivo de sua torcida, tentou impor uma pressão nos primeiros minutos, mas a defesa americana permitiu poucas oportunidades de infiltração da equipe catarinense dentro da área. Aos poucos, o Coelho foi equilibrando o jogo, mas também não conseguiu oportunidades de muito perigo para abrir o placar.

Quando o duelo se encaminhava para ir para o intervalo com o placar zerado, o Avaí-SC conseguiu um lançamento no meio da defesa americana, o que obrigou o lateral Marlon a fazer a falta frontal à grande área. O árbitro inicialmente aplicou o cartão amarelo ao jogador americano, porém foi acionado pelo VAR e, ao rever o lance, optou por reformular a decisão e expulsar Marlon.

O segundo tempo iniciou-se com o 0 a 0 no placar e um atleta a menos para o América. Aos 6 minutos, o Avaí-SC ainda conseguiu sair na frente, após chute de Raniele da entrada da área. O técnico Marquinhos Santos tentou modificar o panorama do jogo, fazendo as cinco substituições, mas o Avaí-SC conseguiu se aproveitar da vantagem numérica em campo.

Aos 48 minutos, o meia Matheusinho, que entrara na reta final da partida, cometeu uma falta no meio-campo e foi expulso após o VAR acionar o árbitro de campo. Com dois jogadores a menos e o tempo escasso, o América não conseguiu buscar o empate e terminou o jogo com o revés de 1 a 0.

Marquinhos Santos deixa o comando técnico do América
comandante chegou a realizar a entrevista coletiva após o revés para o Avaí no Estádio da Ressacada, mas, ao chegar ao hotel, comissão técnica e diretoria se reuniram e decidiram antecipar o fim do contrato, que seria findado em maio de 2022.

O América Futebol Clube agradece por todo o grande trabalho prestado pelo profissional e seu auxiliar Edison Borges, que fizeram história no América com a melhor colocação da Série A em todas as edições e a presença inédita na Libertadores 2022. Neste ano, o treinador conseguiu, ainda, levar o time à fase de grupos da competição continental com duas classificações históricas na Pré-Libertadores.

O Coelho ainda não tem negociação em andamento com nenhum novo treinador. Assim que o Clube formalizar algo, a situação será informada à imprensa.
Com informações do América

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!