Seleção Brasileira Feminina ganha novos uniformes para a Copa do Mundo

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Elas deixam toda a energia dentro de campo. Representam o sentimento do torcedor. E estão vestidas para buscar a maior de todas as glórias. Nesta segunda-feira (11), CBF e Nike lançam os novos uniformes desenvolvidos para a Seleção Brasileira Feminina, que lutará pelo inédito título da Copa do Mundo, na França, em junho deste ano. É a primeira vez que a Seleção Feminina terá um uniforme com identidade própria.

Toda a coleção foi criada a partir de estudos e troca de informações com jogadoras profissionais. O resultado é um conjunto especial de peças com um novo visual desenvolvido, especialmente, para as atletas e fãs de futebol, respeitando a modelagem feminina já adotada em coleções anteriores. As camisas trazem uma inscrição na parte interna, homenagem da Nike à Seleção Feminina: “Mulheres Guerreiras do Brasil”. Inspiração para vencer dentro e fora do campo.

– Quando vestimos a camisa do Brasil, além de buscar o melhor para a equipe, nós estamos brigando para que todas as mulheres tenham seu espaço no esporte. Temos enorme responsabilidade como referência para todas as meninas apaixonadas pelo esporte. Vai além da prática esportiva porque é uma luta pela igualdade – ressaltou Andressinha, meio-campista da Seleção.

Divulgação / Nike

O uniforme principal carrega o tradicional tom dourado, que caracteriza a Amarelinha como símbolo de talento, ousadia e brasilidade e é reconhecido em qualquer canto do planeta. A barra da manga ganhou um toque de verde, enquanto o short azul e as meias brancas completam o visual clássico. O segundo conjunto inova com azul escuro e um céu repleto de estrelas estampado na camisa. A gola moderna segue a mesma tonalidade azul das barras das mangas.

– É um orgulho muito grande poder representar o país, levantar a bandeira do futebol feminino e conduzir a camisa da Seleção a mais uma Copa do Mundo. Sempre me inspirei em craques como Marta, Cris e Formiga, guerreiras que tanto fazem pela modalidade. Hoje, estou ao lado delas. Tudo vale a pena pelos nossos sonhos – destacou a atacante Andressa Alves.

Os uniformes vão estrear nos próximos jogos da Seleção Brasileira Feminina, na reta final de preparação para o Mundial, e, claro, estarão em campo na Copa da França. Este ano, a visibilidade da competição vai estreitar o contato do torcedor com a nova linha de produtos.

– Este é um ano de Copa do Mundo e que terá transmissão em TV aberta, ampliando muito a sua divulgação. Aqui no Brasil, a CBF aumentou a abrangência do campeonato brasileiro e criou a primeira competição de base da história. São iniciativas na direção do crescimento consistente do futebol feminino – afirmou Rogério Caboclo, Diretor Executivo de Gestão da CBF.

– É um orgulho muito grande poder representar o país, levantar a bandeira do futebol feminino e conduzir a camisa da Seleção a mais uma Copa do Mundo. Sempre me inspirei em craques como Marta, Cris e Formiga, guerreiras que tanto fazem pela modalidade. Hoje, estou ao lado delas. Tudo vale a pena pelos nossos sonhos – destacou a atacante Andressa Alves.

Os uniformes vão estrear nos próximos jogos da Seleção Brasileira Feminina, na reta final de preparação para o Mundial, e, claro, estarão em campo na Copa da França. Este ano, a visibilidade da competição vai estreitar o contato do torcedor com a nova linha de produtos.

– Este é um ano de Copa do Mundo e que terá transmissão em TV aberta, ampliando muito a sua divulgação. Aqui no Brasil, a CBF aumentou a abrangência do campeonato brasileiro e criou a primeira competição de base da história. São iniciativas na direção do crescimento consistente do futebol feminino – afirmou Rogério Caboclo, Diretor Executivo de Gestão da CBF. Com site da CBF

PUBLICIDADE
Don`t copy text!