Mulher é perseguida e presa transitando na contramão da Presidente Vargas, após tentar fugir de blitz

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Uma mulher de 53 anos tentou fugir de uma blitz de trânsito conduzindo um carro na manhã desta segunda-feira, 11 de fevereiro, na Rua Antônio Rocha, Centro, em Pará de Minas. Ela foi abordada e presa por policiais militares.

Os militares realizavam uma fiscalização de trânsito quando passou pelo local à condutora conduzindo um veículo importado Charming Bravax, vermelho. Ela se assustou com a presença policial, freado bruscamente, levantando a suspeita de que poderia ter no carro algum objeto ilícito.

Ao receber ordem de parada dos policiais, a condutora fez nova frenagem brusca, ao se aproximar do ponto de parada da blitz e a seguir empreendeu fuga. Primeiro ela tentou fazer um contorno repentino, quase colidindo com um caminhão que passava pelo local.

Depois a condutora transitou pela contramão da via e fez manobras de ziguezague para fugir do local, sendo necessário que os militares comunicassem via rádio com outra viatura, cujos militares conseguiram abordá-la na contramão da Avenida Presidente Vargas.

A condutora alegou aos militares que fugiu porque não possui Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e já foi multada a alguns dias atrás, e também está com problemas financeiros.

Em consulta dos seus dados no sistema informatizado, foi constatado que a condutora é habilitada na categoria B. A mulher de 53 anos foi presa e encaminhada à Delegacia Regional da Polícia Civil em Pará de Minas.

O veículo que ela conduzia foi apreendido e removido para um pátio credenciado. Também foram aplicados os Autos de Infrações de Trânsito (AIT’s) cabíveis.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!