Preso dono de restaurante que vendia “rebite” no Belvedere e jovem com maconha no Bariri durante operação da PM

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Equipes da 19ª Companhia da Polícia Militar Independente da Polícia Militar realizaram durante a tarde e a noite de sexta-feira, 10 de janeiro, em Pará de Minas e cidades vizinhas, a Operação Fecha Companhia, com efetivo de 28 militares, emprego de 11 viaturas e três motocicletas.

Foram abordadas 87 pessoas e 36 veículos, dos quais seis foram apreendidos por irregularidades de trânsito, sendo aplicados 11 Autos de Infrações de Trânsito (AIT’s). Prenderam quatro pessoas e apreenderam 90 comprimidos de anfetamina, conhecidos como “rebite”, dois cigarros e uma bucha de maconha, além de um dichavador, utilizado para separação da droga.

A apreensão dos comprimidos de “rebite” ocorreu em um bar/restaurante situado na avenida Ovídio de Abreu, bairro Belvedere, em Pará de Minas, onde os militares compareceram para verificar denúncias indicando que no local estava sendo comerciado o rebite.

No estabelecimento, a funcionária de 34 anos franqueou a entrada dos militares, sendo encontradas seis cartelas com 15 comprimidos cada, em um total de 90 unidades, com a inscrição “Nobésio Extra Forte”. O proprietário do estabelecimento, de 48 anos, admitiu a venda dos comprimidos, dizendo que comprou de pessoas não identificadas, cada cartela por R$50,00 e revendia cada comprimido por R$5,00.

O dono do restaurante foi preso e conduzido à Delegacia Regional da Polícia Civil em Pará de Minas, juntamente com o material apreendido.

Já a apreensão de maconha ocorreu no Parque do Bariri, bairro São José, em Pará de Minas, onde os militares que realizavam a Operação Fecha Companhia abordaram um jovem de 19 anos em atitudes suspeitas. Com ele, encontraram dois cigarros e uma bucha de maconha, além do dichavador e papéis de seda, geralmente utilizados para a confecção de cigarros de maconha. O suspeito de envolvimento com o tráfico de drogas foi preso e conduzido à Delegacia Regional da Polícia Civil em Pará de Minas, juntamente com o material apreendido.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

Don`t copy text!