Nos pênaltis, seleção feminina é superada pela China em Chongqing

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

A Seleção Feminina ficou com o segundo lugar do Torneio Internacional de Chongqing. Na manhã deste domingo (10), após empate sem gols no Chongqing Yongchuan Sports Center Stadium, a China superou o Brasil por 4 a 2 nas cobranças de pênaltis e faturou o troféu da competição preparatória. Apesar do revés na marca da cal, a Canarinho continua invicta no comando da técnica Pia Sundhage: são quatro vitórias e dois empates.

Jogando em casa, a China pressionou um pouco mais no início da partida. No entanto, com o decorrer do tempo, o Brasil passou a se soltar mais na partida. A primeira boa chance foi com Debinha, aos 21 minutos, após belo passe de Chú. Mais tarde, aos 43, foi a vez de Debinha servir Ludmila, cortou a marcadora dentro da área mas chutou para fora.

O segundo tempo seguiu com poucas oportunidades para os dois lados. A boa marcação das equipes prevaleceu na etapa final. Antes de a decisão ir para os pênaltis, a Seleção quase marcou aos 46 minutos, quando Andressinha cobrou falta com perigo, mas a bola foi para fora.

Nas penalidades, Tamires e Andressinha acabaram desperdiçando as cobranças e a Canarinho ficou com o vice-campeonato do Torneio Internacional de Chongqing.

Brasil: Bárbara; Letícia, Érika (Tayla), Daiane e Tamires; Formiga (Aline Milene), Luana, Debinha e Chú; Marta e Ludmila (Geyse) – Técnica: Pia Sundhage
Com site da CBF

PUBLICIDADE
Don`t copy text!