Eleições 2018: Solidariedade anuncia neutralidade no segundo turno

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


A Executiva Nacional do Solidariedade informou, em nota divulgada hoje (10), que o partido definiu pela neutralidade no segundo turno da eleição presidencial. Segundo a nota, diretórios estaduais da sigla e os seus filiados estão autorizados a apoiar os candidatos à presidência de acordo com a realidade local de cada estado.

Segundo a nota, Paulinho da Força, presidente nacional do Solidariedade, afirmou que o partido resolveu pela neutralidade para dar maior liberdade aos diretórios e militantes na escolha do candidato que acharem melhor.

Durante entrevista coletiva para a imprensa, Paulinho da Força ressaltou que o posicionamento do Solidariedade no Congresso Nacional será de centro, e que a atuação será de “apaziguar posições radicais”. O presidente da sigla afirmou ainda que o Brasil vive uma eleição inédita e que a disputa de “candidatos de extremos” não é bom para o país. Com Agência Brasil

PUBLICIDADE