Polícia Civil prende duas pessoas e apreende 90 mil cigarros falsificados em Martinho Campos

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Redes Sociais

As equipes da Polícia Civil prenderam duas pessoas durante e apreenderam 90 mil cigarros falsificados durante operação realizada em Martinho Campos, na quinta-feira, 9 de agosto. Os suspeitos falsificavam até cigarro de palha. Durante a ação uma mulher suspeita de vender os cigarros em Belo Horizonte também foi conduzida para prestar esclarecimentos.

Redes Sociais

De acordo com a Polícia Civil a investigação durou três meses e também resultou nas prisões de outros dois indivíduos que integrantes da quadrilha falsificadora de cigarros. Entre os presos, está o dono de uma gráfica que reproduzia as embalagens dos cigarros originais.

Os mandatos de prisão foram cumpridos em Martinho Campos e também outros de mandados de busca e apreensão foram cumpridos em outros municípios e em um shopping popular de Belo Horizonte, em lojas registradas como tabacarias. A administração do shopping disse que não tem poder de fiscalização e a responsabilidade é dos lojistas.

Redes Sociais

A quadrilha falsificava os cigarros para não pagar impostos e vender os produtos sem a fiscalização dos órgãos de segurança sanitária. A Polícia Civil também informou que o total apreendido renderia R$ 500 mil à quadrilha.

A Polícia Civil afirmou que os suspeitos podem responder a crimes contra propriedade industrial e sonegação fiscal

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE