Zema empossa novo chefe da Polícia Civil de MG

O governador Romeu Zema empossou ontem (9) o novo chefe da Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), Joaquim Francisco Neto e Silva, que ocupava o cargo de chefe adjunto da instituição. Joaquim Francisco é delegado de polícia desde 1997, quando ingressou nos quadros da PCMG.

Zema ressaltou a importância da instituição no trabalho integrado das Forças de Segurança do estado para entregar os melhores resultados para a população mineira.

“Temos obtido avanços importantes na Segurança Pública, com reduções recordes nos principais indicadores de criminalidade. Nosso grande desafio é fazer de Minas Gerais o estado mais seguro do Brasil. A Polícia Civil tem um importante papel nessa busca e tenho certeza de que o novo chefe de Polícia da corporação, pelo seu histórico irretocável na carreira, sua postura ética, conduzirá muito bem os trabalhos pelo bem da instituição e do povo mineiro”, afirmou o governador.

Em seu discurso de posse, Joaquim Francisco destacou que um dos objetivos de sua gestão é a concretização do plano diretor de modernização da PCMG, aperfeiçoamento do plano estratégico e aprimoramento da estrutura da instituição. O delegado também ressaltou a soma de forças para reduzir a criminalidade no estado.

“Teremos o foco permanente na qualidade da investigação criminal, na redução dos índices de criminalidade, na otimização da elucidação de crimes. Faremos isso em conjunto com a Policia Militar, Judiciário, Ministério Público e todos aqueles que puderem somar nesse direcionamento para que os índices de Minas Gerais sejam referência para o país”, afirmou o novo chefe da PCMG.

Currículo
Joaquim Francisco Neto e Silva é pós-graduado em Ciências Penais e em Estudos de Criminalidade e Segurança Pública e mestre em Direito Público. Coordenou delegacias do interior do estado, quando atuou na Superintendência Regional de Segurança Pública. Trabalhou no Planejamento Institucional da PCMG por 13 anos. Atuou na elaboração do projeto de lei que originou a Lei Orgânica da PCMG, em vigor até os dias atuais.

Integrou o Conselho Superior da PCMG, em 2015 e 2016, como delegado assistente da chefia. Também atuou na Superintendência de Planejamento e Gestão e na sequência ocupou o cargo de superintendente de Inteligência e Informações Policiais.

É professor, desde 2001, na Academia de Polícia Civil e já lecionou, também, no Curso de Formação de Oficiais da PMMG, em 2006. Com Agência Minas

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!