Rapaz confessa assassinato e é preso em Bom Jesus do Oeste; homicídio ocorreu em Igaratinga

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Um militar da unidade da PM em Pará de Minas, de folga e em trajes civis, recebeu informações de que o autor do homicídio que ocorreu em Igaratinga no sábado (07), estaria em Bom Jesus do Oeste e foi até o povoado averiguar a situação.

O autor reconheceu o militar na tarde de domingo (08) e fugiu para uma mata. Mais tarde, ele retornou ao povoado e entrou em um bar, quando foi abordado e contido pelo policial até a chegada de militares de Pará de Minas e Igaratinga, que efetuaram a prisão.

O homicídio ocorreu na noite de sábado, após uma discussão entre a vítima e o autor, em um bar localizado na Rua Deraldo Nunes, em Igaratinga. O autor desferiu vários golpes de faca contra a vítima, depois de luta corporal entre ambos. Na ocasião, a vítima de 35 anos foi socorrida à Policlínica local, onde já chegou sem vida, apresentando sete perfurações de faca.

Após sua prisão, o autor disse aos policiais que o motivo do atrito com a vítima e do consequente homicídio, foi desavenças envolvendo tráfico de drogas.

Segundo ele, há três anos a vítima e um outro morador de Igaratinga lhe passaram um dinheiro para que ele fosse até a cidade de Manaus, no estado do Amazonas, comprar drogas e que acabou preso em Brasília, por tráfico.

Ainda segundo o autor, a vítima e o outro mandante do tráfico passaram a ameaçá-lo pelo prejuízo de mais de R$100.000,00 na empreitada, devido a sua prisão. Na data do homicídio, a vítima chegou ao bar onde ele estava, o ameaçando de morte, dizendo que estava portando arma de fogo, momento em que o autor pegou uma faca do próprio bar e esfaqueou a vítima.

O autor foi preso e conduzido à Delegacia de Polícia.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!