São Paulo aplica dose de reforço contra a Covid-19 em trabalhadores

A cidade de São Paulo aplica a dose de reforço para trabalhadores da Guarda Civil Metropolitana GCM), sepultadores do serviço funerário e agentes fiscalizadores das subprefeituras, idosos com mais de 60 anos e profissionais da saúde acima de 18 anos, desde que tenham tomado a última dose do esquema vacinal (segunda dose ou dose única) há pelo menos seis meses. As doses de reforço estão sendo aplicadas desde ontem (8).

Os adultos com alto grau de imunossupressão, que receberam a última dose da vacina há pelo menos 28 dias, também podem receber a dose adicional antiCovid. As doses estão sendo aplicadas nas 469 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e 82 Assistências Médicas Ambulatoriais integradas com UBSs, as AMAs/UBSs Integradas, das 7h às 19h, além dos megapostos, drive-thrus e farmácias parceiras, das 8h às 17h.

A cidade aplica ainda primeira e segunda dose para aqueles que ainda não se imunizaram contra a covid-19.

A Secretaria Municipal da Saúde recomenda que o cidadão acesse o site De Olho na Fila antes do deslocamento, para conferir a movimentação de pessoas nas unidades e evitar aglomerações. Para receber a dose, é obrigatório apresentar documento de identificação, preferencialmente CPF e Cartão SUS, além de comprovante de residência no município de São Paulo. Para a segunda dose ou dose adicional, basta apresentar o comprovante de vacinação.

No caso dos adolescentes, são aceitos comprovantes de endereço em nome dos pais. O menor de idade deve estar acompanhado dos pais ou responsável para receber a vacina. Caso não seja possível, é preciso ir com um adulto e apresentar autorização assinada por um responsável. Com Agência Brasil

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!