Dedé pode voltar contra o Tombebse e completar 150 jogos pelo Cruzeiro

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Ausente na vitória sobre o Huracán, por 1×0, na noite da quinta-feira (7), na Argentina, na estreia do Cruzeiro na Copa Conmebol Libertadores, por cumprir suspensão, o zagueiro Dedé pode retornar ao time neste domingo, contra o Tombense, às 16h, no Mineirão.

Caso o técnico Mano Menezes o confirme na partida válida pela 9ª rodada da primeira fase do Campeonato Mineiro, o zagueiro atingirá a marca de 150 jogos com a camisa da Raposa.

“Importante, gratificante e muito especial, ainda mais vestindo essa camisa, que eu sou muito apaixonado. Um clube que fez de tudo para que eu alcançasse essa marca”, afirmou o camisa 26, após o treino da manhã deste sábado, na Toca da Raposa 2.

Desde a estreia pela Raposa, na vitória de 4×0 sobre o Resende, no Mineirão, pela segunda fase da Copa do Brasil de 2013, o zagueiro superou momentos muito difíceis, com contusões e cirurgias e conquistou inúmeros títulos importantes, como dois Campeonatos Brasileiros (2013 e 2014), duas Copas do Brasil (2017 e 2018) e dois Campeonatos Mineiros (2014 e 2018).

“Isso vai se tornar histórico para mim, heroico também e motivo de muita comemoração. Se Deus quiser, nesse jogo em que eu completar 150 jogos, eu possa fazer uma excelente partida e quem sabe marcar um gol”, disse ele.

Um dos maiores ídolos da história do clube celeste, Dedé contou que está completamente preparado para a sequência de importantes partidas que a Raposa terá pela frente, a começar pelos dois confrontos seguidos no Mineirão, com o Tombense, domingo, e na próxima quarta-feira, com o Deportivo Lara, da Venezuela, pela Conmebol Libertadores.

“Esse período que eu tive de treinamentos, fiquei 15 dias sem jogos, eu pude trabalhar bastante, academia, campo, tudo. Estou me sentindo muito bem e preparado para continuar nessa sequência de jogos, porque serão jogos muito duríssimos. Teremos o Tombense, domingo, pelo Mineiro, e depois, quarta-feira, se Deus quiser, a minha estreia na Libertadores sendo muito bem, positiva, do mesmo jeito que o Cruzeiro estreou, com pé direito e vitória”, declarou. Com informações do Cruzeiro

PUBLICIDADE
Don`t copy text!