Trio de estelionatários suspeito de aplicar golpes em Pará de Minas é preso com máquinas, cartões, extratos e celulares

Um trio de acusados de estelionato, do conhecido golpe do recolhimento de cartões bancários em residências, foi preso na tarde de quinta-feira (07) na Avenida Professor Melo Cançado, bairro Belvedere. Foram apreendidos diversos cartões bancários, inclusive de vítimas que caíram no golpe nesta cidade, além de máquinas de cartões de crédito/débito e outros objetos relacionados com a modalidade criminosa.

Diante do registro de algumas ocorrências em Pará de Minas, em que os infratores se passavam por funcionários de bancos e recolhiam os cartões bancários das vítimas, em suas residências, causando-lhes prejuízos, a Polícia Militar passou a buscar informações para tentar encontrar os infratores.

Os militares do serviço de inteligência, durante diligências, conseguiram a informação de que autores dos citados golpes teriam usado um veículo Fiat Argo prata em um dos crimes e que uma mulher de cabelos pretos estaria envolvida. Na tarde de quinta-feira (07), os militares receberam informações que os suspeitos estariam hospedados em um hotel na Avenida Professor Melo Cançado, sendo o veículo Fiat Argo abordado no momento em que seus ocupantes, um motorista de 24 anos e uma passageira de 23, saíam do estabelecimento.

No interior do automóvel foi encontrado o cartão de um homem de 73 anos, morador de Pará de Minas, que havia sido vítima do golpe em 6 de outubro, quando teve um prejuízo de R$ 23.000,00. No carro foram encontrados ainda, uma carta de um homem questionando uma suposta compra indevida com cartão e um extrato de máquina de cartão de crédito. Os dois abordados admitiram que são originários do estado de São Paulo e estavam há alguns dias na cidade, para praticar os golpes.

No quarto do hotel onde os suspeitos estavam hospedados, foi abordado um terceiro suspeito de 26 anos. No local foram encontradas várias máquinas de cartões de crédito ligadas, extratos e recibos de várias transações de terceiros, inclusive de uma mulher que foi vítima do mesmo golpe em Pará de Minas. Foram encontrados ainda celulares, dentre eles, o aparelho de um homem, morador do bairro São José em Pará de Minas, que entregou o telefone e o cartão aos infratores em 2 de outubro.

Em pesquisa no sistema informatizado, os militares constataram que houve um golpe de modo de ação semelhante em Itabira em 29 de setembro, sendo os abordados também suspeitos de terem praticado mais este crime.

O veículo usado pelo trio foi apreendido. Os três infratores foram presos e conduzidos à Delegacia de Polícia, com os materiais apreendidos. O autor de 24 anos tem passagem por tráfico de drogas e o de 24, por roubo. Pelo menos outras cinco pessoas foram vítimas deste crime recentemente em Pará de Minas. Elas devem procurar a Delegacia de Polícia Civil da cidade para demais providências.

A Polícia Militar orienta aos cidadãos a ficarem atentos quanto a este tipo de golpe. Não se deve jamais entregar cartões bancários e nem passar a senha a supostos funcionários de bancos que vão até as residências. Geralmente as agências bancárias não fazem este tipo de serviço a domicílio. Em caso de suspeitar que está sendo vítima de um golpe, acione a PM imediatamente pelo telefone 190.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!