Paraminenses perdem R$ 4.400,00 em golpes registrados por telefone; PM dá dicas de segurança

Durante o final de semana prolongado militares da 19ª Companhia Independente de Polícia Militar registraram duas ocorrências de golpes através do telefone celular em Pará de Minas.

A primeira ocorrência foi registrada no sábado (05) quando um homem de 85 anos contou aos policiais que a esposa recebeu um telefonema, cujo interlocutor dizia que estava com sua filha sequestrada e exigia pagamento de resgate para libertá-la. Ele indicou uma conta bancária em que as vítimas deveriam fazer o depósito.

O solicitante relatou ainda, que temendo que sua filha realmente estivesse nas mãos dos sequestradores, foi até uma agência lotérica e fez duas transferências no valor total de R$ 3.900,00 para duas contas bancárias distintas indicadas pelo infrator.

Relatou também o solicitante que posteriormente o mesmo interlocutor ligou novamente, pedindo desta vez a quantia de R$ 10.000,00 para libertar sua filha, mas quando recebeu uma ligação dela, lhe dizendo que estava em segurança e que não houve sequestro nenhum, ele percebeu que havia caído em um golpe e não fez mais nenhuma transferência.

A outra ocorrência foi registrada na tarde de segunda-feira (07). A mulher de 70 anos relatou aos policiais que recebeu o telefonema de um homem que se identificou como seu sobrinho, citando o primeiro nome de um sobrinho da vítima, e lhe disse que estava indo para a casa dela e logo a seguir desligou o telefone.

Ainda segundo a vítima, o mesmo homem ligou-lhe novamente dizendo que estava retido em uma blitz na rodovia, sendo acusado por policiais rodoviários de portar uma arma de fogo no veículo, e eles teriam exigido a quantia de R$ 2 mil para o liberarem. O suposto sobrinho pediu à vítima que depositasse este valor em uma conta bancária.

A vítima então disse ao suposto sobrinho que não tinha como fazer a operação através de conta bancária, mas que tinha R$ 500,00 em dinheiro na sua casa. Após combinar com ela por telefone, o interlocutor mandou um homem em um automóvel Fiat Uno vermelho até sua residência, ele pegou a quantia e deixou o local. Depois quando recebeu mais uma ligação do suposto sobrinho, pedindo-lhe mais dinheiro, a vítima percebeu que havia caído em um golpe.

A Polícia Militar orienta aos cidadãos a ficarem atentos quanto a estes tipos de golpes aplicados através de ligações telefônicas. Não se deve fazer qualquer depósito bancário ou passar dados pessoais, antes de se confirmar a veracidade das informações. É importante tentar colher o máximo de informações possíveis dos interlocutores. No caso do golpe dos falsos sequestros, deve-se tentar entrar em contato com o familiar supostamente sequestrado. Quando houver suspeitas de que está sendo vítima de um golpe, a Polícia Militar deve ser acionada pelo telefone 190.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!