Veja orientações para produtores do segmento audiovisual retomarem suas atividades

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

A retomada gradual das atividades econômicas no país exige uma nova postura dos donos de pequenos negócios do segmento audiovisual. Diante do cenário imposto pela pandemia da Covid-19, produtores e coprodutores precisam adaptar suas empresas para atender aos decretos tanto estaduais quanto municipais, em relação ao retorno das atividades de produção, assim como precisam usar a criatividade para atender aos novos hábitos de consumo de produtos e serviços.

O Sebrae defende que para o retorno das atividades, é fundamental o controle rígido de segurança e higiene tanto para a equipe de colaboradores e fornecedores, quanto para os clientes. A instituição também reconhece que a liberação do funcionamento dos estabelecimentos depende, fundamentalmente, das condições específicas de cada localidade e por isso, recomenda que os donos de pequenos negócios fiquem atentos aos decretos e demais regulamentos vigentes na sua região e caso, exista divergência de informações entre as medidas estaduais e municipais, optem por seguir a orientação mais rígida, de preferência de acordo com as recomendações das autoridades oficiais de saúde, como Organização Mundial de Saúde (OMS), Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Ministério da Saúde, entre outras.

“O Brasil é um país de proporções continentais e as condições do sistema de saúde no atendimento aos casos da doença podem ser bastante distintas, mesmo entre municípios de um mesmo estado. Por isso, os Protocolos de Retomada do Sebrae precisam estar alinhados às medidas determinadas por governadores e prefeitos”, ressaltou o presidente do Sebrae, Carlos Melles.

Disposto a apoiar as micro e pequenas empresas no retorno seguro das atividades, o Sebrae elaborou um conjunto de protocolos de retomada para 14 macrossetores, entre eles o setor da Economia Criativa, que inclui a atividade do audiovisual. Além de orientações gerais sobre higiene e saúde estabelecidas no enfrentamento da doença, o documento indica medidas e boas práticas para que todos se sintam confiantes no retorno à rotina de produção.

Veja abaixo as principais recomendações e orientações para retorno das atividades do segmento audiovisual

Orientações Gerais de Higiene e Saúde
* Além das recomendações básicas para a lavagem das mãos de forma adequada com uso de água e sabão e uso de álcool 70% para a higienização pessoal, o empresário deve manter constantemente limpos e higienizados todas as ferramentas, máquinas e equipamentos de uso manual, antes e durante a execução dos trabalhos.

* Realize a limpeza e desinfecção de objetos e superfícies que sejam tocados com frequência, utilizando água e sabão ou borrifando álcool 70%.

* Áreas de uso coletivo, como banheiros e refeitórios, devem ser limpos com frequência após o uso.

* Tanto máscaras quanto outros equipamentos de proteção individual (EPI) não devem ser compartilhados.

* As regras de distanciamento de mais de 1,5 m devem ser mantidas mesmo com uso de máscaras.

* No caso de proteção com materiais descartáveis, a recomendação é o descarte em lixeira com pedal e tampa, com o recolhimento por empresas de coleta de produtos contamináveis.

* Informe a seus funcionários, contratados e clientes que qualquer pessoa que tenha tosse leve ou febre baixa (37,3ºC ou mais) precisa permanecer em casa.

* Deixe claro para os funcionários que eles poderão contar esse tempo como licença médica.

Orientações para pré-produção – local de trabalho
* Organize uma área de chegada para os profissionais onde possam fazer a higienização adequada das mãos e das solas dos sapatos com um borrifador de álcool 70% ou tapete com desinfetante.

* Superfícies (mesas e bancadas) e objetos (telefones, teclados) precisam ser limpos e higienizados regularmente.

* Ao realizarem teste para contratação de equipe artística, evite aglomerações.
Agende horários com um intervalo entre os candidatos e ofereça, se possível, kits de proteção e higiene.

* Planeje seu roteiro de cenas em espaços grandes e ventilados.

* Recomenda-se que o número de locações e as implicações de higienização sejam levadas em consideração no planejamento e na pre´-produção. Lembre-se que neste momento estamos considerando a retomada gradativa.

* Planeje um espaço separado para recepção de mercadorias, estoques e outros insumos. Denomine esse espaço de área suja. Este deve ser limpo numa frequência maior, pelo menos duas vezes ao dia.

* Imediatamente após a chegada de mercadorias, insumos ou mesmo recepção de fornecedores proceda à limpeza e desinfecção de mercadorias.

Orientações para produção – Local de trabalho
* Na entrada do set de filmagem, escritório, ou estabelecimento comercial de sua produtora, mantenha um kit higiene: álcool em gel, máscaras e propé, para o uso de todos os profissionais, salvo durante a performance em set/gravac¸a~o.

* Recomenda-se a verificação de temperatura de cada pessoa que entrar no estabelecimento para garantir também mais segurança.

* Aos profissionais que precisam estar mais em contato com outros profissionais/artistas, como equipes de maquiagem, cabeleireiro, figurino etc., recomenda-se o uso de máscara reutilizável, face shield e luvas.

* O rosto do artista deve ser adequadamente higienizado e possuir um número maior de pincéis, levando em consideração o número de profissionais a serem atendidos, permitindo um kit de pincéis para cada cliente. Recomenda-se o fracionamento dos produtos para cada atendimento, evitando levar o pincel possivelmente contaminado ao produto.

* A programação das atividades deve prever intervalo suficiente entre sessões para higienização completa de todos os ambientes e equipamentos.

* Objetos de cena devem ser de uso individual, sem compartilhamento e higienizados antes e após o uso.

* Deve-se substituir o microfone de lapela por outro meio de captação de som sem contato direto.

* Recomenda-se a higienização frequente dos figurinos dos casting principal e secundário – com especial atenção quando o profissional repete o figurino diversas vezes.

* Todos os figurinos, cenários, instrumentos e objetos de cena devem ser higienizados antes e depois do uso.

* Para locomoção, recomenda-se utilizar o transporte próprio, Uber ou veículos da produção, sempre devidamente higienizados.

* Nas gravações em espaços fechados, respeite a quantidade máxima de pessoas que o distanciamento social permite.

* As refeições devem ser servidas em embalagens individuais e descartáveis. Devem ser organizados turnos para alimentação, evitando aglomeração.

* Público e pessoas não envolvidas diretamente nas apresentações, atuações e performances devem ser mantidos a uma distância segura, para prevenção de contaminações e contágio.

Orientações gerais para Colaboradores
* Antes do retorno ao ambiente de trabalho, crie e divulgue protocolos para identificação e encaminhamento de trabalhadores com suspeita de contaminação pelo novo coronavírus.

* Garanta um espaço reservado para guardar bolsas e itens pessoais dos colaboradores. Solicite que eles tragam o mínimo de objetos pessoais para o ambiente de trabalho e forneça sacolas plásticas para acondicionar os pertences de cada funcionário.

* Oriente que o uniforme ou roupa de trabalho deve ser vestida somente no local de trabalho, sem compartilhamento.

* Para fiscalizar se os novos procedimentos estão sendo efetuados de forma estabelecida, escolha um colaborador para a tarefa e faça um rodízio periodicamente.

* Adote medidas para diminuir a intensidade e a duração do contato pessoal entre trabalhadores e entre esses e o público externo.

* Promova o teletrabalho ou trabalho remoto sempre que possível e utilize recursos de áudio e videoconferência para evitar deslocamentos e reuniões presenciais.

* As atividades de pré-produção e pós produção podem se encaixar em trabalhos remotos e teletrabalho, como elaboração de roteiro e edição e tratamento de áudio e vídeo.

Orientações para atendimento de clientes e visitas
* Informe aos clientes que o seu estabelecimento é comprometido com as boas práticas e com a segurança, para que eles se sintam seguros.

* Treine a equipe para falar sobre as medidas de segurança, utilize cartazes por onde o cliente circular. Faça também comunicação no site e/ou redes sociais.

* Organize uma área de chegada para clientes e visitas disponibilizando álcool em gel para higienização das mãos e medidas para higienização das solas do sapato como um borrifador com álcool 70% ou tapete com desinfetante.

* Geralmente, recomenda-se que as visitas de pessoal externo ou não envolvido no desenvolvimento do trabalho sejam restritas. A companhia de produção pode suspender todas as visitas externas às suas instalações ou conjuntos de filmagem, exceto em casos excepcionais que exigirão a autorização do gerenciamento da produção, quando apropriado.

* Priorize o agendamento do atendimento pessoal e/ou à distância – principalmente pensando nos públicos que estão mais vulneráveis diante da Covid-19.

* Procure realizar a abertura em horários diferentes, para que o tráfego de clientes e profissionais não coincida com o pico de movimento do transporte público.

* Atenda à exigência de manter a distância mínima de segurança de 1,5 metros entre os clientes e colaboradores.

Orientações para relacionamento com fornecedores
* Todas as recomendações de higiene e saúde devem ser exigidas também de fornecedores e distribuidores, inclusive quanto ao uso de máscaras e medidas de distanciamento.

* Receba fornecedores em um local específico e nos momentos de manuseio de documentos, emissão de recibos ou assinatura de documentos de entrega, utilize luvas ou higienize as mãos na sequência de tais procedimentos.

* Mantenha higienização contínua do meio de transporte que você utiliza para transportar equipamentos de filmagem.
Com informações da Agência Sebrae de Notícias

PUBLICIDADE
Don`t copy text!